Canelada

Home | « Todos os posts do Furacão

LIBERTADORES AÍ VAMOS NÓS!!!

por
6/02/14

Numa partida onde há muito tempo não se via, o Atlético PR garantiu a vaga para a fase de grupos da Copa Libertadores da América eliminando o Sporting Cristal(Per).
Após ter perdido a partida de ida no Peru, pelo placar de 2×1, restava ao Atlético PR uma vitória pela contagem mínima para conseguir a classificação.
É verdade que o time pouco produziu, fazendo muitas vezes ligações diretas zaga/ataque, uma vez que não tem aquele meia que coloca a bola no chão, que dá passes com qualidade, mas prevaleceu a raça costumeira Rubro Negra. Os comandados de Miguel Ángel Portugal talvez não estejam entendendo sua filosofia de jogo, pois ainda não vimos um padrão no time e tampouco jogadas ensaiadas, mas o importante é que conquistamos a vaga para fase de grupos onde enfrentaremos a equipe do Vélez Sarsfield(Arg), o The Strongest(Bol) e o Universitário(Per).
O início da primeira etapa foi marcada pelas entradas desleais e provocações dos jogadores do time peruano até que aconteceram as expulsóes de ambos os times, Zezinho (Atl-PR) e Balbín (Spo) que trocaram empurrões. A partir daí o Atlético PR melhorou na partida uma vez que havia mais espaço no campo, perdendo algumas boas chances de abrir o placar, que ficou em igualdade na primeira etapa.

null

O Rubro Negro voltou com mais vontade para o segundo tempo e o primeiro gol da partida veio de cabeça com o zagueiro Manoel aos 16 min, mas logo em seguida aos 18 min o Furacão tomou um banho de água fria e após cobrança de falta, o jogador Ávila em completo impedimento empata. A partir desse momento a partida fica dramática pois precisávamos de mais um gol para levar à cobrança de pênaltis. Não existia mais um esquema tático e sim muita vontade por parte dos jogadores. O Sporting Cristal ainda teve o jogador Cóssio expulso, que após uma entrada no jogador rubro negro, recebeu o segundo cartão amarelo. O jogo ganhou ares de dramaticidade onde o Atlético PR se lançava ao ataque, correndo risco dos contra ataques, como também o time peruano procurava de todas as maneiras fazer “cera” para que o tempo passasse. Quando já estávamos quase que desacreditados aconteceu o inesperado, aos 49 min num bate-rebate dentro da área o jogador Fran Mérida quase caído chuta e o zagueiro Marcos Ortíz coloca a mão na bola para evitar o gol atleticano, ou seja, pênalti marcado e expulsão desse jogador. Éderson cobra e marca o gol que recoloca o Atlético PR na disputa fazendo-se justiça ao melhor time em campo. A partida termina e com ela começa um novo drama, o das cobranças de pênaltis. Éderson faz 1×0, Lobatón empata 1×1, Deivid chuta para defesa de Penny 1×1, Cazulo vira para 2×1, Fran Mérida empata 2×2, Advíncula faz 3×2, o jovem Nathan disperdiça e o time peruano precisa de mais um gol para se classificar, mas libertadores é uma copa onde tudo pode acontecer… dito e feito!!! Delgado cobrou e o goleiro Weverton defendeu, mantendo as esperanças Rubro Negras. Em seguida Natanael empata em 3×3 e se o jogador Calcaterra do time peruano fizer classifica a equipe, o que não acontece pois ele bate para fora. Começam as cobranças alternadas e os jogadores Mosquito(Atl-PR) e Núñez(Spo) convertem suas cobranças, depois o zagueiro Manoel cobra e marca deixando o Rubro Negro em vantagem que se concretiza após cobrança de Pedro Aquino(Spo) que cobra no travessão. O Furacão está mais uma vez classificado sendo o time paranaense com maior número de participações (2000, 2002, 2005/Finalista e agora 2014).

null

O que fica de aprendizado nessa partida? Ao meu modo de ver a diretoria tem que se mexer em busca de jogadores com experiência, que saibam a hora de botar a bola no chão, com toques de qualidade, uma vez que temos jogadores capazes de fazer bons jogos, mas com pouca experiência, muito jovens na verdade, são promessas com um futuro incerto. Libertadores é diferente e ontem foi a prova disso, mas o que importa é que o “El Paranaense” com é conhecido o Atlético PR na América do Sul está de volta! Vingamos o nosso rival que em 2004 não conseguiu passar pelo mesmo Sporting Cristal(Per), onde venceu a primeira partida pelo placar de 2×0, mas foi goleado fora de casa pelo placar de 4×1. LIBERTADOOOOOOOOOOOOOOOORESSSSSSSSSSS!!!
LIBERTADOOOOOOOOOOOOOOOORESSSSSSSSSSS!!!
LIBERTADOOOOOOOOOOOOOOOORESSSSSSSSSSS!!!

Abratz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

1 comentário

  1. Rosi Marli Teixeira disse:

    Eletrizante! Amei a alegria do Pet treinador do sub-23, após o jogo.

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: