Canelada

Home | « Todos os posts do Furacão

Visão de um Torcedor – Copa 2014

por
23/01/14

Praticamente todos da “imprensa” vem criticar a atual situação do estádio Arena da Baixada – Atlético-PR com relação às obras para a Copa do Mundo 2014.
Acredito que todos tenham uma razão para tal e de certa forma aceito às críticas por todos impostas, mas vamos esclarecer alguns fatos que parecem esquecidos nos dias de hoje, pois o que vale é o presente e não o passado aos olhos dos críticos, não é mesmo?
A cidade de Curitiba foi escolhida para ser uma das sedes da Copa do Mundo e por sua estrutura a Arena da Baixada também, uma vez que o custo da obra(reforma) é muito baixo comparativamente com outras sedes.
Desde o início dessa escolha, o Clube Atlético Paranaense vem enfrentando problemas, até porque e de óbvio entendimento, opositores tentaram de todas as maneiras “travar” tal obra. Torcedores rivais chegaram a cogitar a idéia de entrar com uma ação para embargar a mesma, idéia está que foi rejeitada, uma vez que além de perder poderiam ter muitos problemas pós ação, como pagamento de indenizações, retratação, etc.
O governo federal criou o PAC de Copa – programa este onde destinou-se uma verba para somente as cidades sedes, ou seja, praticamente todos os outros 5.564 municípios do país não receberiam este dinheiro, mas isso não afeta o orçamento do país já destinado e aprovado no ano anterior. Consideram-se inclusas nesse programa as cidades que são sub-sedes das seleções que disputarão a Copa.
Com a desapropriação de alguns imóveis resolvida, onde os proprietários mesmo tendo seus bens avaliados por um valor de no mínimo 3 x maior de mercado, e não querendo sair do local, por mais de ano (direito adquirido), existiram outros problemas, por parte da classe política. Alguns vereadores/deputados conhecidos por torcerem para o rival, uma vez que em até programas esportivos trabalharam representando-o, entraram com um pedido de CPI da Copa, para “investigar” a obra então já iniciada, o que acarretou um novo atraso/paralisação da mesma onde a justificativa por parte desses senhores era saber qual o modelo de cadeiras que seria utilizado na Arena, como a obra seria realizada, etc. Reuniões fechadas e abertas foram feitas até a comprovação de que seria um material de qualidade ha um custo baixo em se comparar com todas as outras sedes. Mas se o estádio é particular o que tem de real nessa dúvida? Ela é justa? Lógico que não!!! É a tão dita palavra da moda de hoje, manobra!!! Mais uma vez nos víamos com as obras paralisadas enquanto esse “problema” não fosse resolvido. Outro fator que existiu foi quando o Ministério Público, via seu coordenador geral, onde é sabido por todos que é torcedor do rival, entrou com várias ações para tentar paralisar a obra sobre vários pontos de seu entendimento legal(lei). Quando das desapropriações, se estavam sendo feitas da forma correta e dentro da lei, quanto das parcelas e o empréstimo do financiamento para realização da mesma, pagamentos dos funcionários, possíveis acidentes de trabalho, etc. A cada situação solucionada logo ocorria outra para atrasar, mas o que estas pessoas parecem não entender é que se o tempo vai ficando mais curto a obra vai ficar mais cara. Com certeza não estão pensando na realização desse evento mundial onde afeta em melhorias os setores de qualquer cidade sede, como rede hoteleira, turismo direto e indireto, alimentação, segurança(Novos policiais, armas, equipamentos, treinamentos e capacitação, estrutura), transporte público e mobilidade urbana, qualificação de todos os envolvidos nas áreas administrativas, saúde, geração de empregos, todos produtos de consumo em geral, etc. Isso acontece também com a imprensa local que em pouquíssimas vezes seus impressos ou programas fizeram algum incentivo sobre a Copa do Mundo. Fato óbvio uma vez que é sabido por todos que o atual presidente do Atlético-PR não mantém bom relacionamento com a imprensa em virtude de matérias que denigrem e rebaixam a imagem do clube e a sua pessoal. Tivemos um outro fator que pouco foi discutido, uma vez que não visão de muitos não interfere, que foram as chuvas constantes na capital, onde tivemos períodos que atrapalharam diretamente na execução de serviços, como por exemplo as fundações estruturais(concretagem). Depois desses fatores cheguei a me perguntar se valia a pena o clube passar por tudo isso e cheguei a conclusão que sim, vale a pena uma vez que com ou sem copa o projeto “Nova Arena” já seria realizado, uma vez que o clube iria EMPRESTAR junto ao BNDS a verba necessária para a realização da obra. Importante lembrar que o Clube Atlético Paranaense colocou seus bens como garantia para o pagamento desse empréstimo, ao contrário das outras sedes que foram financiadas pelos seus governos municipais e estaduais.
Se a cidade de Curitiba NÃO fosse escolhida para ser uma das sedes, NÃO iria receber essa verba do PAC para aplicação nas diversas áreas citadas acima. Esse novo projeto ainda é o mais barato, onde diferente das outras sedes, o Atlético PR NÃO emprestou o total do valor que foi colocado disponível, cerca de R$400 milhões de reais para realização do mesmo pelo BNDS para todas as sedes individualmente. O que também existiu foi a atualiação de valores corrigidos pelos índices atuais em função das paralisações da obra, previsto em contrato.
Se hoje temos uma estrutura invejável por vários clubes do Brasil e do exterior, além da maior torcida do estado, uma vez que possuímos todos os recordes de público nos estádios da capital, incluindo o do rival e comprovadamente diante das pesquisas, imagina depois da conclusão do estádio?! Fica fácil de entender as coisas agora não é?!
Por isso deixo aqui minha opinião/visão de torcedor entendendo que apesar de estar atrasada, com ou sem Copa a obra vai ser finalizada e estaremos em breve no nosso mais novo templo do futebol, a nova Arena da Baixada!

Foto da Obra Arena da Baixada

Abratz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

6 comentários

  1. Rafael Ferrarini disse:

    verdade é uma só… o trétis ganhou um caminhão de dinheiro publico, o petraglia dificultou tudo oq pode, contratou a parentada inteiro para ser fornecedores da obra.
    E não duvido nada ainda que vão dar o calote. Enquanto isso o governo não tem dinheiro pra remédios, pra subsidio do transporte, etc. A copa do mundo no Brasil é a mior afronta à população e em Curitiba é o maior roubo aos cofres publicos.

    [Reply]

  2. Rafael Ferrarini disse:

    Aproveita e veja esse video. Isso é a verdade que ninguém diz, que os torcedores do CAP não querem ver pois foram tomados pela arrogancia e falta de ética, tudo em prol de uma M* de estádio de futebol.

    [Reply]

  3. Zalan Barbosa disse:

    Sou muito amigo do seu irmão, e claro, Coxa… me desculpe, mas sem envolver questões clubísticas, tudo é uma vergonha e uma afronta a muito tempo. Não questiono a sua opinião, pois você é torcedor, mas como cidadão, tudo foi vergonhoso até agora. Que legado você enxerga pela cidade? Que melhorias existiram? Alimentação???? Rede hoteleira??? Que hoteis foram inaugurados visando apenas estes 4 jogos da copa? Saúde? Polícia – essa que não tem dinheiro pra gasolina? Só vejo melhorias no estádio do CAP, estádio esse que era o "mais pronto" para ser construído e que já consegue custar praticamente o mesmo que o novo estádio do Grêmio. Entendo que vocês defendam o que foi feito, afinal, foram os únicos beneficiários, mas Curitiba está jogada às traças, então não precisam tentar catequisar a colônia. O que está feito, está feito, e a imagem de MCP, Beto Richa, Luciano Ducci, Orlando Pessuti e Mario Celso Cunha está marcada para sempre. Para os atleticanos, excelente. Para os curitibanos, um nada que tentam nos convencer ser tudo. Com todo o respeito, tua visão é de um atleticano, não de um cidadão. Abraços!

    [Reply]

  4. Jorge Altair Barbosa disse:

    Falou tudo Negão. Vamos deixar de ser torcedores nesta hora. Este estádio foi a manobra politica mas vergonhosa que este Estado ja viu. O legado são as ruas de antipó detonadas nos bairros.

    [Reply]

  5. Rosi Marli Teixeira disse:

    Para uma leiga que se deixa levar pelo só coração, excelente explicação. Mas são tantas as divergencias de informações que confundem a cabeça de pessoas leigas no assunto como eu. As vezes vc não sabe em quem acreditar. Mas uma coisa é certa. Esse fato de colocar os bens do CAP em jogo, acho arriscado. Me preocupa no futuro, ficar sem a Arena e o CT. Me preocupa muito, muito! EU SÓ QUERO A MINHA ARENA DE VOLTA.

    [Reply]

  6. Erik disse:

    Haha, quando um cara já vem falando que é coxa. Não precisa ler mais nada, inveja no ar e falso moralismo. Manobra política pff… nem sabe o que fala esses caras ai… tudo mal informado e influenciado por jornalzinho.

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: