Canelada

Home | « Todos os posts do Fogão

Nilton Santos

por
16/05/13

Tu és história
Tu és coração
Tu és como religião
Não preciso ver para crer
Não vi tua classe em campo
Não presenciei tua famosa audácia
Não pude admirar o teu futebol mágico
Aos livros e vídeos em que conheci a ti, meu agradecimento.
Tu és uma estrela solitária que teve princípio e não terá fim. 
Tu és a personificação do que este sentimento significa.
Tu és inspiração na derrota e na vitória.
Tudo o que tem teu nome vira poesia e magia.
Escrever sobre ti é fazer literatura.
Tu fazes falta.
Tu fazes falta. 
Tu fazes falta.

Obrigada, Nilton Santos.
Feliz aniversário.

Saudações alvinegras
https://twitter.com/paula_voleio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

10 comentários

  1. Fabrício Lopes disse:

    Muito bonito o texto. Imagina se esses caras tivessem jogando agora. Meu Deus…

    [Reply]

    Ana Paula Voleio Reply:

    @Fabrício Lopes, Imagino, sim, amigo. Imagino e sonho sempre. 🙂 Saudações alvinegras.

    [Reply]

  2. Ju Pacheco disse:

    Lindo. ♥

    [Reply]

    Ana Paula Voleio Reply:

    @Ju Pacheco, Valeu! Um abraço

    [Reply]

  3. Paulo Reis disse:

    essa época explica o pq do nome GLORIOSO! Saudações alvinegras

    [Reply]

    Ana Paula Voleio Reply:

    @Paulo Reis, Sem dúvidas! Exatamente. Saudações

    [Reply]

  4. Rodrigo Machado disse:

    palavras muito sensíveis e bem colocadas. muito bom mesmo. parabéns

    [Reply]

    Ana Paula Voleio Reply:

    @Rodrigo Machado, Obrigada. Vida longa ao mestre. Um abraço

    [Reply]

  5. Maurício Cortazzo disse:

    Lembrei aqui do saudosíssimo Armando Nogueira. Belo poema. Qualquer alvinegro de verdade se emocionaria.

    [Reply]

    Ana Paula Voleio Reply:

    @Maurício Cortazzo, Armando Nogueira é mestre!! Genial. Saudações.

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: