Canelada

Home | « Todos os posts de Caneladas Sortidas

A Chape na Libertadores: Análise do grupo do Verdão do Oeste

por
5/03/17

Nesta terça-feira (07/03), a Libertadores começa para a Chapecoense. Vai ser a primeira partida internacional do Verdão do Oeste desde a tragédia na Colômbia. E o que podemos esperar da Chape no maior torneio do continente?

Como dito anteriormente, a Chape teve que passar por uma reestruturação. A atual campeã da Copa Sul-Americana trouxe bons jogadores, mas que ainda não estão tecnicamente no mesmo nível.

O Grupo da Chape é o de número 7, com o vice-campeão venezuelano Zúlia, com o vice-campeão uruguaio Nacional e com o campeão argentino Lanús.

Lanús

Talvez o time mais forte do grupo, é um time que joga com a bola e com o coração, típico dos nossos “hermanos”. É um time que não tem craques, mas tem coletividade, que jogam com raça, típico de times que vão bem em Libertadores, como os campeões Corinthians em 2012 e o River Plate em 2015.

A equipe também possui um sistema defensivo bastante sólido, que deve dar trabalho.

Os destaques da equipe, além da coletividade e da raça, são os atacantes Lautaro Acosta e José Sand, que costumam fazer a diferença para os argentinos.

Lautaro Acosta

Zúlia

O time venezuelano, assim como a Chape, debuta no torneio.

Fundado em 2005, a equipe subiu para a elite do país em 2008, conseguindo na temporada 2008/2009 um impressionante 5º lugar em seu primeiro ano na primeira divisão.

Os destaques da equipe são os meias Juan Arango e Jefferson Savarino, que vem formando uma boa dupla, sendo o motor e o cérebro da equipe azul. Outro que pode fazer a diferença é o meia Orozco.

Juan Arango

 

Nacional de Montevidéu

Time com a camisa mais pesada do grupo, é a equipe com mais participações na Libertadores (ao lado do rival Peñarol, com 44 participações contando a atual edição), é um dos favoritos para passar para a próxima fase.

A base da equipe é quase a mesma da última Libertadores, em que foi eliminado nas quartas pelo Boca Juniors. Basicamente a equipe utiliza muito dos contra-ataques.

O destaque da equipe é o atacante Sebastian Fernandez, com passagens por Defensor, Banfield e Málaga, e que estava no elenco uruguaio da Copa de 2010.

Sebástian Fernandez

Não será fácil para a Chape, mas apoio não faltará.

A Chape estreia na Copa Libertadores nesta terça (07/03), às 21:45, na Venezuela contra o Zúlia.

 

“Que lo escuchen en todo el continente, siempre recordaremos campeón al Chapecoense”

Cleverton Silva

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Gostou? Não? Comenta aí: