Canelada

Home | « Todos os posts de Caneladas Sortidas

José Trajano foi apenas sincero

por
5/04/16

José Trajano foi apenas sincero e sua falta de educação é lamentável, mas esperar o que de alguém sem argumentos?

José Trajano foi apenas sincero

José Trajano foi apenas sincero

José Trajano foi apenas sincero quando disse que não interessava a ele falar sobre a decisão do Sport em abrir mão da Copa do Brasil para se dedicar à Sulamericana. Ele foi mais sincero e honesto do que a maior parte dos jornalistas que apenas nos ignoram, mas dizem que quem faz a pauta é a audiência.

José Trajano foi apenas sincero, mas não foi nem educado, nem profissional, que isso fique bem claro. Ele faz parte da casta de jornalistas “dinossauros” da TV brasileira, acostumada a ignorar a metade de cima do Brasil nos programas esportivos e habituada a resumir o futebol em 12 “grandes” clubes (sim, pode colocar várias aspas nesses grandes);vivem em uma bolha ignorando os avanços e mudanças no futebol.

É possível que Trajano tenha pouco interesse em falar de um time que vai abandonar justamente o único torneio de nível nacional que a sua emissora transmite, mas isso seria a prova de um amadorismo sem tamanho e prefiro nem acreditar na veracidade desta linha de pensamento.

O pensamento pequeno e arcaico deste jornalista (um ex jornalista em atividade, dizem) da velha guarda é apenas um dos indícios que José Trajano já não mais tem mais o que é necessário para estar em um programa como o Linha de Passe, da ESPN; não que a emissora seja um deleite para o torcedor rubro-negro, mas dentro do que ela se propõe a informar (e a quem ela se propõe), o faz de maneira satisfatória e o dito comentarista, não agrega em nada os debates.

José Trajano parou no tempo e, apesar de achar que ainda é necessário, não apenas não o é, com que cada vez menos gente se interesse por aquilo que ele tem a dizer. Não foi a primeira vez que ele desdenhou do Sport; já chamou de time pequeno e desdenhou de Danilo Fernandes ao se comentar a possibilidade do arqueiro ir para a Seleção.

Não é à toa que a ESPN, que já foi uma grande emissora e com jornalistas excepcionais, hoje não consegue nem manter seus eventos exclusivos como antes; Sob a tutela retrógrada de uma pessoa limitada, a emissora tende a morrer aos poucos.

José Trajano poderia ser uma figura peculiar, como foi Armando Nogueira, mas ainda bem que o mestre do jornalismo esportivo brasileiro não estava vivo para ver tamanha asneira.

A falta de educação dele é lamentável, mas esperar o que de alguém sem argumentos?

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

1 comentário

  1. Marco Lúcio disse:

    É engraçado como que comentarista ENCHE a boca pra falar de Ex-Jogador em atividade, mas eles mesmo não pensam que isso vale pra eles também! Gente que vive do passado e a cabeça está fechada a mais de 20 anos pra coisas novas! Juca Kfouri, Trajano, é tudo exemplo desse tipo de profissional, ex-jornalista em atividade.

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: