Canelada

Home | « Todos os posts de Caneladas Táticas

Análise Tática: Flamengo 1×1 Vasco – O Gigante dos Clássicos.

por
28/08/15

O segundo e decisivo jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, começou como terminou o jogo de ida, brigado, truncado, com muitas faltas e baixa qualidade técnica.

O Vasco repetiu a formação que Jorginho definiu desde que chegou ao clube, um 4-2-3-1 bem definido. Já o Flamengo apresentou mudanças, um 4-3-3 que virava 4-1-4-1 em fase defensiva. Observe as escalações e a distribuição das equipes em campo:

 

Oswaldo de Oliveira modificou a plataforma de jogo da equipe, fazendo com que Emerson Sheik ocupasse sua faixa de campo preferida, a esquerda. Éderson acompanhava as subidas de Christianno, enquanto Éverton era um interior que se soltava com a posse da bola. E com o resultado desfavorável, o Flamengo tentou amassar o Vasco no início do jogo. E conseguiu chegar ao gol que igualaria o duelo, logo nos primeiros minutos de jogo.

O gol foi irregular. Se um jogador precisa abrir as pernas para não tocar a bola ou se faz um corta luz consciente, ele obviamente participa da jogada, e no mínimo, retarda a ação do adversário.

O detalhe a se destacar, foi o descuido de Nenê na segunda bola, deixando Jorge chegar livre para devolver a bola para a área vascaína. Observe no frame abaixo.

E se o futebol não fosse esse esporte tão cheio de surpresas, já poderíamos cravar a eliminação vascaína. O Vasco é um time que se desestabiliza ao sofrer um gol, o time já desmoronou várias vezes após sair atrás no placar. Outra coisa que tira o time do Vasco e sua torcida do sério, são os erros de arbitragem, o trauma é grande. Sem contar que um gol contra não é nada bom pra cabeça de nenhum jogador. E de maneira surpreendente, o Vasco manteve o controle emocional, botou a bola no chão (ou tentou) e foi jogar o jogo de forma tranquila.

Em fase ofensiva, o Vasco encontrava sérias dificuldades, não conseguia construir pelo chão e abusava das bolas longas. Isso ocorre pela lacuna técnica que existe na primeira linha de construção no meio, que são os volantes. Guiñazu e Serginho tem muitas dificuldades com os passes verticais, e isso força os zagueiros a tentar uma ligação direta com o ataque. O Flamengo bloqueava com 4-1-4-1, e dificultava a chegada da bola nas entrelinhas. Observe no frame.

O Flamengo também não conseguiu obter exito na fase ofensiva. Depois da pressão inicial, o rubro negro não penetrou mais as linhas do sistema defensivo vascaíno, que fazia volume no meio e com oito ou nove jogadores atras da linha da bola. As contusões de Guerrero e Éderson também foram determinantes para queda de rendimento ofensivo do Flamengo.

No frame abaixo, podemos ver como todos os jogadores do Vasco participam das ações defensivas, somente Riascos, e depois Thalles, permanecem na referência do ataque.

O Flamengo tinha em campo um quarteto ofensivo muito veloz, com Paulinho, Éverton, Emerson e Marcelo Cirino, o que podia sugerir que os contra ataques seriam uma boa alternativa, mas o Vasco teve uma transição defensiva muito eficiente, mesmo perdendo a bola no campo rubro negro, os vascaínos conseguiam se manter em superioridade numérica defensiva. Observe o flagrante de um contra ataque do Flamengo. São dois Flamenguistas contra cinco vascaínos no quadro. Cirino tentou um passe para romper a ultima linha do Vasco aproveitando a velocidade de Sheik, mas Martin Silva estava atento na cobertura dos zagueiros.

Sem construção de nenhum dos lados, o jogo só poderia ter seu panorama mudado por uma bola parada. E escanteios e faltas laterais tem sido o calcanhar de aquiles do time do Flamengo. O time acumula uma sequencia de jogos sofrendo gols e mais gols dessa forma. O treinador rubro negro terá muito trabalho para acertar isso.

No frame abaixo, vemos Jorge salvando o gol do Vasco em cima da linha. Era uma falta lateral e o Vasco finalizou quatro vezes no mesmo lance. Serginho tenta de cabeça, Anderson Salles de voleio, Riascos desvia para o gol e Anderson Salles novamente tenta de cabeça. O Flamengo não venceu uma disputa dentro da área, só conseguiu bloquear a chegada da bola ao gol, mas os vascaínos ganharam todas as bolas, é assustador.

E como já estava desenhado, foi assim que o Gigante da Colina chegou a sua classificação. Falta lateral e o talismã Rafael Silva, sozinho, decidiu o confronto. Usando a linha da grande área como referência, o Flamengo fez uma marcação zona, Rafael estava entre Cirino e Pará, que ficaram parados enquanto Rafael penetrava e atacava a bola com uma cabeçada mortal. Repare a liberdade do atacante para finalizar.

A Copa do Brasil acabou para o Flamengo. No brasileiro, o Flamengo vai ter que definir onde vai brigar, se arranca para se aproximar do G4, se cochila e o Z4 encosta, ou continua no perde-ganha e fica na zona morta. O panorama não é animador, Guerrero com lesão no ligamento do tornozelo, Éderson com lesão muscular e Emerson será suspenso por infantil declaração no intervalo do jogo. É bom o Flamengo abrir o olho, tirar motivação de onde puder e somar os pontos necessários para se distanciar da zona da confusão. Depois disso quem sabe sonhar com algo maior.

Já o Vasco precisa tomar como lição esse confronto para entender a força que tem. O Vasco é Gigante, e precisa se comportar como tal. É camisa de entortar varal. E o peso da camisa deve ser usado a seu favor, e não contra, como tem acontecido ultimamente. Como nesse jogo, não pode se abater por sofrer um gol e ficar em desvantagem, a desvantagem já existe na tabela e todos tem que saber lidar com isso. A salvação é muito difícil, e a reação dos adversários diretos, deixam as coisas ainda piores. Mas enquanto houver chances matemáticas, a obrigação é acreditar. Mais do que nunca o Vasco vai precisar ser o time da virada, e fazer uma nova versão do trem bala da colina embalar.

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

4 comentários

  1. Lauro Casado disse:

    Sou seu fã, cara!!! Parabens por mais uma lucida analise.
    Forte abraço,
    Lauro

    [Reply]

    Witor Ruy Reply:

    @Lauro Casado, Valeu Lauro!!! Muito obrigado, amigo !!!

    [Reply]

  2. Fábio disse:

    tava só aguardando a analise tática do jogo como sempre muito bem as observações e os conselhos ao meu clube, parabéns e bom trabalho.

    [Reply]

    Witor Ruy Reply:

    @Fábio, Valeu Fabio !!!

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: