Canelada

Home | « Todos os posts da Copa do Mundo 2010

Balanço geral da Copa – NÚMEROS

por
14/07/10

A Copa de 2010 apresentou uma melhora técnica significativa se comparada a Copa anterior realizada na Alemanha. Mas não somente por este aspecto ela marcará os próximos anos, marcará também pelo ineditismo de alguns fatos, listo abaixo aqueles que mais marcaram.

Números

Segunda pior média de gols em mundiais (2,26 gols), ganha apenas da copa de 1990 (2,20 gols).

Primeira vitória uruguaia em Copas desde 1990, 3 a 0 na África do Sul.

Melhor campanha do Uruguai em Copas desde 1970, QUARTA colocação.

Primeiro país anfitrião eliminado na fase de grupos em mundiais, África do Sul, saldo de uma vitória (2×1 na França), um empate (1 x 1 com México) e uma derrota (3 a0 Uruguai).

Pela primeira vez um URUGUAIO foi eleito o MELHOR JOGADOR da Copa, Forlán, atacante do Atlético de Madrid.

Segunda pior campanha da França em mundiais, ganha apenas de 2002 por ter marcado um gol nesta edição da Copa.

México eliminado novamente nas oitavas-de-final, pela segunda vez consecutiva em confronto contra a Argentina.

Segunda pior campanha da Nigéria em Copas, fica na frente apenas da campanha de 2002.

Segunda vez que a Coréia do Sul classifica-se para a fase de mata-mata, pela primeira vez longe de seus domínios.

A Grécia marcou seu primeiro gol em uma Copa do mundo e, de quebra, conquistou sua primeira vitória na virada contra a Nigéria, 2 a 1.

A Argentina tomou sua segunda maior goleada em Mundiais, levou 4 a 0 da Alemanha nas quartas-de-final e voltou para Buenos Aires com Maradona devidamente vestido!

Eslovênia conquistou sua primeira vitória em mundiais, na sua segunda participação, venceu a Argélia na estréia por 1 a 0. Os eslovenos quase se classificaram ficaram com 4 pontos, uma vitória, um empate (2×2 EUA) e uma derrota (1 x 0 Inglaterra).

Goleiro Green ficará marcado pela falha no gol norte-americano no empate de 1 a 1 da Inglaterra contra os Estados Unidos.

Primeira participação INDEPENDENTE da Sérvia, que surpreendeu a Alemanha no segundo confronto vencendo por 1 a 0 os germânicos.

Gana classificou-se pela segunda vez, em sua segunda aparição em mundiais. Foi a única seleção africana a classificar-se, parou no Uruguai nas quartas-de-final, mais especificamente, nas mãos de Luis Suaréz.

Japão classificou para a segunda fase pela segunda vez na história e, pela PRIMEIRA vez fora de seus domínios.

Pior campanha de Camarões em um mundial, três jogos, três derrotas, dois gols marcados e cinco sofridos.

A Holanda venceu a seleção brasileira depois de mais de 30 anos e alcançou sua terceira final, mas NOVAMENTE ficou com o vice-campeonato.

Pela primeira vez a Dinamarca não alcança a segunda fase em suas aparições em mundiais.

Primeira vez que a Itália sai de uma Copa do mundo sem vencer ao menos uma partida, protagonizando a PIOR CAMPANHA ITALIANA em Mundiais, 2 empates (1 x 1 Nova Zelândia e Paraguai) e uma derrota (3 x 2 Eslováquia).

Em sua primeira Copa, a ESLOVÁQUIA alcançou as oitavas-de-final, venceu a Itália e perdeu para a Holanda, por 2 a 1.

A Nova Zelândia foi eliminada INVICTA na sua segunda aparição em copas, ainda não venceu partidas em mundiais, mas ao menos desta vez não perdeu. Três empates!

O Paraguai alcançou pela primeira vez as quartas-de-final em um mundial ao bater, nos pênaltis, o Japão nas oitavas.

Maior goleada Portuguesa em um Mundial, 7 a 0 contra os norte-coreanos.

Primeira partida de mundiais transmitida ao vivo na Coréia do Norte, pena ter sido a goleada sofrida diante os portugueses. Pena para eles.

Segunda vez consecutiva que a seleção brasileira é eliminada nas quartas-de-final da Copa do mundo.

Primeira vitória Suiça contra a Espanha contando TODOS os confrontos entre as seleções, 1 a 0 na estréia.

Suiça completou 5 jogos sem tomar gols em mundiais, 4 em 2006 e 1 em 2010, tomou gol de Mark Gonzaléz no confronto pela segunda rodada contra o Chile, único gol sofrido pelos suíços na competição.

Primeira vitória chilena em mundiais desde 1962, 1 a 0 contra Honduras na estreia.

Honduras e Argélia não balançaram as redes, nem ao menos uma vez, na África do Sul, únicas seleções a conseguirem tal feito.

Pela primeira vez na histórias TODOS os sul-americanos, em disputa, passam para a segunda fase do mundial.

A Espanha alcançou pela primeira vez uma FINAL DE COPA DO MUNDO e sagrou-se CAMPEÃ DO MUNDO.

Foi a final com maior número de cartões amarelos 13 no total. Apenas uma expulsão, Heitinga da Holanda.

Primeiro confronto em mundias entre portugueses e espanhóis, melhor para os segundos que venceram por 1 a 0.

Primeiro confronto em disputas da Copa do mundo entre Espanha e Holanda, deu ESPANHA na prorrogação.

Quatro jogadores terminaram com 5 gols no mundial, Tomas Müller (Alemanha), David Villa (Espanha), Sneijder (Holanda) e Forlán (Uruguai).

Pela primeira vez a seleção campeã perdera a partida de estreia no mundial.

Espanha foi a campeã com menor número de gols dentre todos, venceu todas as partidas do mata-mata por 1 a 0.

Pela primeira vez uma final de copa do mundo não contou com a presença de Brasil, Alemanha, Itália ou Argentina.

Espanha quebrou uma seqüência invicta da Holanda que perpetuava desde 2009, totalizando mais de 20 jogos.

Se vencesse a Espanha, Holanda torna-se-ia na segunda seleção a vencer todos os jogos da Eliminatórias e do mundial, imitando o Brasil de 70. Mas isto não aconteceu!

Larissa Riquelme não correu nua pelas ruas de Assunción.

Estes são alguns números que me recordei desta HISTÓRICA copa do mundo, em 2014 tem mais e também será em um país de terceiro mundo.

Joachim Low, técnico da Alemanha come caca de nariz.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

1 comentário

  1. Anderson Vieira disse:

    Mais uma:

    – Foi a Copa do Mundo que eu vi mais peitos. Só o da Larissa Riquelme umas 30 vezes.

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: