Canelada

Home | « Todos os posts da Copa do Mundo 2010

Sentimento Verde-Amarelo [Parte 2]

por
7/07/10

Sinceramente, nem eu achei que fosse existir uma segunda parte para esse post. Mas, interessadíssimo no assunto como estou, senti extrema necessidade de escrever mais, considerar o outro lado da moeda, levando em conta comentários e opiniões dos leitores.

Acabou a Copa para nós Brasileiros. Eliminados, voltamos pra casa mais cedo. Não houve e nem haverá (creio eu) recepção de Lula à comissão técnica e jogadores. Dunga foi subitamente desligado de seu cargo. Nos meios de comunicação, sobraram xingamentos e muitas brincadeiras, a maioria delas muito criativas, por sinal. Nos sentimos envergonhados, e em breve certamente surgirão teorias de Copa comprada, resultados armados e etc. Já circulam e-mails sobre o assunto.

Eliminados também foram os Argentinos. Um dia depois, na mesma fase, quartas de final. O movimento popular para a permanência de Maradona é enorme. Os jogadores também endossam a campanha. A Presidente Argentina receberá toda a comissão técnica Argentina. Brincadeiras e xingamentos, só por aqui. Na Argentina o sentimento é de compreensão, e reconhecimento pelos esforços.

Tá, prometi que não iria comparar, mas nesse caso não tem como.  Argentino é igual Brasileiro, deposita suas fichas no futebol, pois acha que sua Seleção é obrigada a ganhar tudo! A Argentina perdeu, e feio, mas a torcida compreendeu. E não foi só porque o adversário era mais forte não, forte também é a Holanda. Creio que seja mais claro a famosa idéia do “Espírito Esportivo” na cabeça de nossos hermanos. Já aqui no Brasil, a insatisfação é pela falta de feriados, teríamos pelo menos mais 2, tivéssemos ganho dos Holandeses. As famosas bandeirinhas nos carros sumiram, a Copa acabou.

E parte daí sim o início para uma nova era no Brasil. Do esporte. Se a Copa é importante, imaginem as próximas eleições? Obtive um relato do amigo caneleiro Luiz Filipe (é, o Flamenguista!) muito interessante sobre o tema. Muito viajado, Luiz já vivenciou as mais diversas situações, e analisando seu texto, cheguei a conclusão que ser nacionalista fora do País é fácil, todos são. Existem mais bandeiras Brasileiras na Europra do que no Brasil.  E não é só no Brasil isso. Porém, a diferença esta nas mínimas manifestações, como as dos Argentinos.  Dos Argelinos, que se destacam na França como torcedores apaixonados. Pelo futebol Argelino? Creio que não. Claro, nações sofridas, que sobreviveram a guerras, que têm muita história pra contar normalmente têm esse sentimento mais exacerbado. Mais um motivo para carregarmos ainda mais esse sentimento no peito, nossa nação é sofrida. Até hoje.

Mais uma vez atento para o fato que não estou aqui para realizar críticas a Brasileiros (inclusive eu) que torcem em Copas. Na Copa do Mundo, Dunga não é o melhor treinador, Felipe Melo não é o melhor para o meio de campo. Juan as vezes pode não ser o melhor zagueiro, e Michel Bastos pensa que é jogador de futebol. A Holanda é muito pior que o Brasil, e se o Brasil pegasse a Alemanha, tomaria de 13. Troca aqui, troca ali, pitacos e cornetagens não faltam.

Por aqui, nossos impostos são justos, os candidatos à Presidência se equivalem, tanto faz. Aliás, candidatos a qualquer coisa. São todos uns safados. Nossa segurança? É ruim e não tem jeito, não quer correr riscos, fique em casa. Vamos a um Estádio de futebol como visitante, e não tem problema Sres policiais, tiramos as camisas de nossos clubes ao  sair do jogo, para evitar linchamentos. É Fast-Food pra lá, Drive Thru pra cá… E nossa língua nem sabemos falar direito.

Agradeço muito pelos comentários e elogios de todos sobre o primeiro texto, é muito bom e otimista ver mais pessoas que carregam essa indignação, esse pensamento. Podemos fazer mais, eu sei que posso. E momentos como esse se tornam cruciais para começar.

O melhor do Brasil, é o Brasil. Os Brasileiros ainda devem.

Tá na hora das escritas de nossa Bandeira fazer sentido. Vivemos infelizmente na desordem e no regresso.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

3 comentários

  1. Marisa Buss disse:

    Ricardo, penso que você colocou o dedo numa ferida que a maioria prefere esconder. Nosso povo não tem orgulho de ser brasilieiro quando se trata de evidenciar a corrupção que rola solta não só na política, mas, praticamente em todas as instâncias da nossa sociedade. Aqueles que tem um pouco de consciência ficam indignados e são capazes de mostrar sua indignação publicamente como você fez. Mas a maioria prefere o comodismo do silêncio. Eu, de minha parte fico muito feliz de acessar um blog de esportes e me deparar com uma discussão de coisas de “gente grande”. Parabéns pela sua sensibilidade e pelo seu senso crítico. Abraços

    [Reply]

  2. Marcelo Medeiros Silva disse:

    Tem razao Ricardo. Brasileiro prefere condenar os técnicos e jogadores do que se indignar com os politicos que roubam na cara dura. Sendo que o futebol brasileiro fora e dentro de campo esta uma podridao da bexiga.
    Mas sinceramente nao acredito em copa comprada pra determinada seleçao ganhar ou perder. A Holanda é um bom time e mereceu ganhar do Brasil. Para entregar um jogo, a coisa nao é bem assim nao em falar pro jogador; Oh voce vai receber tantos mas voce tem entregar esse jogo. Os jogadores ganham bem demais para jogar bola e nao iam se vender por tao pouco. Mas se for verdade uma podriqueira dessa, para de assistir futebol que eu gosto demais desse esporte. Mas essas coisas tem que apresentar fatos, provas, motivos etc. O que eu acredito e que técnico da seleçao convoca nao o que ele quer mas o que o bandido do Ricardo Teixeira quer para poder faturar e encher a grana deles de dinheiro, mas copa comprada, sinceramente nao acredito. Mas se for verdade, é o fim do mundo.

    [Reply]

  3. Luiz Machado disse:

    Valeu a lembrança!!
    E mais uma vez eu concordo com tudo que você falou nesse post.

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: