Canelada

Home | « Todos os posts do Timão

Classificação sem merecimento: Brusque 0 (4) x (5) 0 Corinthians

por
2/03/17

O Corinthians não foi o mesmo que venceu o Palmeiras. Não foi o mesmo que venceu de virada o Mirassol. Não foi o mesmo que perdeu para o Santo André. Foi pior, muito pior. A equipe comandada por Fábio Carille jogou muito mal contra o Brusque. O Timão estava irreconhecível.

O problema não é empatar com o Brusque, não é deixar chegar nos pênaltis. O problema é ter uma atuação pífia!

O Corinthians começou a partida com: Cássio; Fágner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Felipe Bastos e Maycon; Léo Jabá, Romero e Kazim.

A equipe entrou muito mal. Muito mal mesmo. O jogo igualmente. Foi sofrível assistir essa partida. De dar sono.

O 1º tempo teve apenas uma finalização de Maycon para a defesa do goleiro Rodolpho, do Brusque, enquanto o time catarinense fazia jogadas em velocidade, mas que não chegava no gol de Cássio.

No segundo tempo, com a entrada de Jádson, o Corinthians deu uma melhorada, mas que não foi o suficiente para marcar um golzinho sequer. O Brusque continuou apertando com jogadas de velocidade, mas nada que assustasse efetivamente, embora estivesse melhor na partida.

O Brusque ainda teve um lance aos 20 do segundo tempo no mínimo discutível: Eliomar colocou Jonatas na cara do gol. Pablo deu um carrinho fora (ou dentro?) da área, que desequilibra o jogador do Brusque, que apesar disso continuou com a jogada, mas Cássio chegou primeiro. Duas coisas: Primeiro, o lance foi dentro ou fora da área? Segundo, Jonatas estava ou não impedido? Lance dificílimo para o árbitro Péricles Bassols e seus auxiliares.

Depois disso tudo, a partida foi para os pênaltis. E Corinthians nos pênaltis já sabemos que terá emoção.

O Brusque abriu os trabalhos com gol de Jonatas.

O Corinthians perdeu com Jádson chutando para fora.

Willian chutou rasteiro e marcou para o Brusque.

Giovanni Augusto marcou para o Corinthians.

Eliomar fez para o Brusque.

Maycon mandou uma bomba no meio do gol e marcou para o Corinthians.

Ricardo Lobo chutou no canto esquerdo, que Cássio acertou, mas não pegou.

Fágner marcou para o Corinthians.

João Carlos desperdiçou o pênalti para o Brusque chutando no travessão.

Jô bate cruzado. O goleiro quase chega, mas foi gol do Corinthians.

Carlos Alberto (ex-Corinthians) chutou para fora, com displicência.

Romero chuta colocado, à esquerda do goleiro, e marca, dando a classificação ao Corinthians.

Dessa vez o time passou, mas jogou com medo. É bom ligar o sinal amarelo no CT Joaquim Grava.

#AquiÉCorinthians

Cleverton Silva

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Gostou? Não? Comenta aí: