Canelada

Home | « Todos os posts do Timão

“Dez entre dez jogadores querem jogar no Corinthians”

por
17/02/11

Este texto tem destino certo. Vai, com carinho alvinegro, para o companheiro de Canelada e sãopaulino Vinícius Vidal que destilou o mais puro preconceito na pseudo-análise “Curintcha quer ídolos, mas quem quer o Curintcha?

O texto, já preconceituoso no título, nem me incomoda mais. A falta de argumento dos torcedores contrários ao Sport Club Corinthians Paulista já virou lugar comum. Eles talvez não saibam, mas pela grandeza e magnitude da torcida temos os maiores números de ignorantes, de bandidos, de desempregados, mas certamente, também temos os maiores números de doutores, altos executivos e professores. Também devemos ter ampla maioria de homossexuais e heterossexuais, pois afinal, estamos falando de mais de 30 milhões de pessoas, população numericamente superior a qualquer estado brasileiro, exceção feita a São Paulo, e a muitos países da Europa.

Tais números explicam o incômodo dos contrários ao Corinthians. Se fôssemos apenas um “timinho” qualquer, aquele da Marginal S/N, aquele dos bandidos, destentados e abandonados de qualquer espécie, certamente, ninguém perderia seu valoroso tempo e letras conosco. Também virou lugar comum citar a ausência da conquista da Libertadores da América, numa tentativa desesperada de não reconhecer as outras dezenas de títulos que o Corinthians sempre conquistou.

O São Paulo Futebol Clube, agremiação pela qual tenho respeito, em que pese as brincadeiras com meus vários amigos e até parentes sãopaulinos, tem um sério problema de estima. Acha-se superior aos demais. Pensa que é o Barcelona, Real Madrid, Milan, mas é apenas o São Paulo, com suas glórias e derrotas. Esta postura prepotente de seus diretores e torcedores, transformou o clube numa espécie de persona non grata do futebol brasileiro. Anda com seu estádio vazio, distante dos grandes clássicos que fizeram sua história, pois os clubes grandes cansaram-se de pagar pelo uso do Morumbi. Tem muito dinheiro de corinthiano “maloqueiro e sofredor”  empregado no estádio Cícero Pompeu de Toledo. O clube foi excluído sumariamente da Copa do Mundo de 2014, muito mais pela arrogância que, propriamente pelo seu belo estádio que, apenas para lembrar, foi conquistado por meio de tratativas políticas que nenhum outro clube no Brasil teve.

O companheiro Vini, com o devido respeito, parte da presunção equivocada de que o Corinthians vai atrás de ídolos de outros clubes. Cita Roberto Carlos, Ronaldo, Luís Fabiano, Kaká, Diego Forlán, Paulo Henrique Ganso, Tévez e dá até a sugestão de Diego Lugano. Ironiza o atacante Jô e por aí vai…

Então vamos por partes:

1. Ninguém tem propriedade sobre nenhum jogador e é natural que o Corinthians busque grandes atletas. Tem a maior torcida, tem a maior mídia, tem os maiores patrocínios e o futebol é regido hoje, sobretudo, por estas questões. O fato de um atleta ter atuado pelo São Paulo não proíbe que outras equipes queiram o jogador. O Ricardinho saiu do Corinthians para jogar no São Paulo. O Souza (soneca), a mesma coisa. O grande Rivellino foi para o Fluminense. Qual é, afinal, o problema de um jogador que tenha atuado pelo São Paulo faça o caminho inverso? Ah! Esqueci! Vocês são superiores. Ninguém no Brasil ou na América Latina é melhor que vocês… Menos, sãopaulino. Bem menos.

2. Dizer que Roberto Carlos não é ídolo de ninguém, demonstra total desconhecimento de futebol, que por sinal é comum aos sãopaulinos. Prefiro discutir futebol com palmeirenses e até com santistas. Pergunte a qualquer torcedor do Palmeiras e até mesmo para boa parte da torcida do Corinthians. O cara será homenageado pelo Real Madrid. Será que ele não é ídolo do clube madrilenho? Será homenageado por que? O cara é, há anos, o maior lateral esquerdo do mundo.

3. Afirmar que Ronaldo “ofendeu” a maior torcida do Brasil (Flamengo) por ter ído jogar no Corinthians é uma ilação tosca. Ronaldo é business e foi onde rolaria maior grana, patrocínio etc. Como todos sabemos, havia problemas de patrocínio no Flamengo e o Ronaldo foi para o Corinthians, também simples assim. O Fenômeno, conforme matéria veiculada no UOL nesta semana, sempre jogou nos maiores clubes dos países por onde passou. Ah! Mas já sei. A mídia defende o Corinthians? Pode ser. Mas por que a mídia defenderia o Corinthians se este é um time de pobres, famélicos etc? Ronaldo não deu certo no Flamengo, simplesmente porque não tinha que ser.

4. Luís Fabiano é um jogador em nível de seleção brasileira. Acho até que há melhores que ele, mas por que o Corinthians não poderia procurá-lo se haviam desavenças no Sevilla? Dizer que o Fabigol desistiu de vir para o Timão porque os torcedores tricolores pediram a ele para não fazer isso é digno da prepotência do clubinho do Jardim Leonor.

5. Qual seria o problema do Kaká vir jogar no Corinthians? Acho que se trata (sempre achei) de um jogador limitado e que a inteligentíssima torcida do São Paulo vaiou por diversas vezes. Ou será que não vaiou? Um dia ele se encheu de vocês, perdeu até dinheiro e foi embora. Aliás, a mesma torcida inteligente anda pegando no pé do Dagoberto, que não se cansa de fazer gols. Depois que perderem o Dagol vão chorar o leite derramado. Particularmente, quero o Kaká bem longe do Parque São Jorge. O Dagol será bem recebido.

6. Diego Forlán é um grande jogador e se chegar ao Corinthians vai ser ótimo. Oras. Só porque ele é filho do grande Pablo Forlán que defendeu o São Paulo entre 1970 e 1976, isso o impede de jogar pelo Corinthians? O São Paulo, com sua peculiar arrogância, vai avocar o Jus sanguinis, princípio do Direito pelo qual uma nacionalidade pode ser reconhecida a um indivíduo de acordo com sua ascendência. Ou seja: jogou no São Paulo, todos os filhos devem apenas jogar no Tricolor… Menos né? O ultra-maravilhoso São Paulo se esquece de que só tem estádio porque foi beneficiado políticamente pelo futuro governador do estado que era torcedor do time. Ou será que estou enganado?

7. Carlito Tevéz teve sua carreira potencializada depois de jogar pelo Corinthians e já afirmou, dezenas de vezes, que se voltasse para a América Latina só jogaria em dois clubes: Boca Juniors e Corinthians. Isso deve incomodar, né? Ele teve problemas de relacionamento no clube como tantos outros caras têm. Isso não significa que as portas estão fechadas. Ainda acho que ele volta. E não vai demorar.

8. Sobre o Paulo Henrique Ganso, não foi o Corinthians que foi atrás. Talvez o companheiro esteja mal informado, mas a DIS, empresa que possui 45% dos direitos do atleta veio oferecê-lo ao “timinho da marginal s/n”. Depois ele desmentiu, disse que eram boatos. Mas vamos aguardar o desenrolar dos fatos.

9. Você ainda se esqueceu de Ronaldo Gaúcho. Já que existia a palhaçada, grana não era o problema. Por que Grêmio, Flamengo e Palmeiras podem e o Corinthians não pode?

10. Por fim, depreende-se de seu texto, que o Corinthians não é formador de jogadores. Claro que isso não condiz com a verdade. O Lucas, que certamente você está apaixonado, foi revelado nas categorias de base do Corinthians sob a alcunha de “Marcelinho”, numa clara referência ao maior Marcelinho de todos – o Carioca. Acredito que a Diretoria do Corinthians comeu bola, mas isso faz parte do processo. São coisas que acontecem. E que o Lucas seja feliz, aonde queira ser e se um dia quiser voltar e se nós o quisermos de volta, as portas estarão abertas.

Para encerrar, conto-lhes uma historinha de quem já viu e viveu muita coisa no futebol. Aliás, conto duas.

Uma das minhas primeiras entrevistas, já na condição de jornalista formado, foi com Roberto Rivellino. Nem preciso dizer que foi uma dupla alegria. Em quase uma hora de conversa, ele disse duas coisas que ficarão para sempre guardadas na minha memória. A primeira é que a maior tristeza dele é não ter vencido um campeonato com o Corinthians. Ele não se conforme, mesmo tantos anos passados. E ele disse que sabia que na “invasão do Maracanã” em 1976, o Corinthians sairia vitorioso contra o Fluminense. A segunda coisa que ele me disse é que um tal de Edson Arantes do Nascimento, vulgo Pelé, sempre disse na boca miúda que jamais tinha engolido o fato de não ter conseguido êxito no Corinthians. Claro que por falha nossa. Mas mesmo sendo o astro que foi, jamais esqueceu da camisa que ele desejou vestir.

Segunda historinha. Há alguns anos, eu encontrei o Dadá Maravilha, que dispensa comentários e apresentações, num aeroporto. Fui “reclamar” o gol que ele fez pelo maravilhoso Internacional de 1976 contra nós na final do Brasileiro daquele ano. Ele sorriu, disse que era profissional e que só lamentava o fato de nunca ter jogado pelo Corinthians. E deixou claro que outros grandes jogadores da época, que foram campeões por onde passaram, nutriam a mesma tristeza de nunca ter vestido o manto sagrado do Parque São Jorge. E arrematou: “Dez entre dez jogadores querem jogar no Corinthians, nem que seja por uma partida só.”

E esqueçam do nosso Todo Poderoso Timão, afinal ele não vale nada, exceto para nós, pois parafraseando Friedrich Nietzsche, “aquilo que não nos mata, só nos fortalece”.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

50 comentários

  1. Luiz Machado disse:

    O que mais me incomoda no Corinthians é o Andrés. Fica naquela pose de poderoso chefão, montando banca. Politicagem ele faz como ninguém, não que eu achei isso muito louvável, e descordo de muitas das atitudes dele.

    No caso Ronaldinho pra mim, foi só pra aparecer. Veio com aquela palhaçada de “ele que venha atrás de mim” só porque tava fora da mídia.

    Também discordo da situação com o Ganso. Ele nem tá resolvido com o Santos e o Corinthians já foi em cima voando no pescoço. E essa diretoria gosta disso. Lembra do Bruno Paulo do Flamengo? Começou a confusão e lá foi o Corinthians atrás dele. Isso só aumenta a antipatia pelo time.

    Pra finalizar, pra que se esforçar tanto em contratações se no final a torcida manda todo mundo embora??

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Luiz Machado, Com o devido respeito, sua postura está equivocada. O Andrés age como qualquer dirigente e me desculpe se sua “presidenta” é fraca, não tem pulso e deixou o Zico, que é um patrimônio do Flamengo, ir embora. O Andrés é meio grosseirão, concordo, mas não difere de Juvêncio, Tirone ou Dinamite. Futebol é concorrência. Simples assim. O caso do Ronaldo Gaúcho foi uma palhaçada e se o Corinthians tivesse entrado na disputa um pouco antes, não sei não. O Corinthians não foi atrás do Ganso. A DIS ofereceu o Ganso ao clube, o que é diferente.
    A antipatia que se tem é gratuíta. Poderia colocar um monge beneditino na presidência do Corinthians que vocês nos odiariam da mesma forma. Não sejamos hipócritas.
    A torcida pode mandar embora quem ela quiser. Só ela é a Fiel. E ponto. =D

    [Reply]

    Luiz Machado Reply:

    @Sylvio Micelli, Concordo que a Patrícia não é das melhores, mas vem melhorando esse ano. O caso Zico não tem perdão. Nunca vão esquecer o que a Patrícia deixou acontecer com ela.

    O meu problema com o Andrés é o fato de ele estar mais pra Eurico Miranda que pros outros que você falou (minha opinião). Ele gosta do poder e de mostrar que tem poder. E me incomoda muito como pessoa, mas isso é mais uma questão pessoal.

    Eu acho que no caso do Ronaldinho, o Assis fez todos de besta porque queria mesmo fechar com o Flamengo, tanto que o meu time era o mais tranquilo na disputa. Certamente porque sabia mais que os outros. Essa proposta do Andrés foi só pra aparecer sim. Se ele quisesse mesmo o R10, tinha ido atrás do Assis. Essa coisa de soltar na imprensa que é só chegar aqui é balela.

    Eu sei que o Corinthians não foi atrás do Ganso, a DIS que foi atrás deles, mas eles fizeram questão de falar pra todo mundo só pra chamar mais atenção.

    Eu nunca tive antipatia do Corinthians, isso é coisa dos últimos anos. Mas atualmente é o único time de fora do Rio que eu considero rival. E isso coincide com a chegada da nova diretoria.

    Ela é fiel, apoia o cara incondicionalmente até achar que ele não presta mais, apedreja carros e mandar embora, né?

    Quando torcedores do Flamengo invadiram a Gávea eu fiquei puto com eles. Eles não tem nada que entrar lá e ameaçar ninguém.

    [Reply]

    Felipe Reis Reply:

    @Luiz Machado, Brother, numa boa, o caso Ronaldinho x Corinthians foi porque sempre há especulação utilizando o nome do Corinthians, sabe pq? Pq dá ibope, vende jornal, vende revista, da acesso em sites… O Corinthians nunca quis mas, quando estava correndo as negociações do R10, o proprio A$$i$ deu a entender que havia outro clube, o dirigente do Milan falou que era o Corinthians pois, se vc ver bem, foi o único time que teve bons lucros em 2009 e tinha acabado de vender o Elias. Poucos dias depois o Andres deu entrevista falando que não tinha feito proposta e que não ia comprar um jogador que em 6 meses teria seu contrato vencido mas, se o R10 quisesse ele teria o salário que ele divulgou. Se não me engano é 1,5 mi. Tanto q o Flamengo + patrocinadores pagam ao Dentuço 1,8 mi.
    Agora, vc acredita mesmo que ele queria jogar no Flamengo? O Assis ia fechar com quem pagasse mais e, a Patricia foi quem fez a forma mais correta, não foi ao Ronaldinho, foi ao Milan, meio caminho andado… Competência dela!
    Quanto ao Ganso, é aquela velha história, Corinthians vende! Não foi o Andres quem divulgou isso.
    Abraço!

    [Reply]

    Luiz Machado Reply:

    @Felipe Reis, Já ouvi muitas vezes, mesmo antes do R10 vir, que ele tinha como sonho jogar no Flamengo. Muito jornalista esportivo já ouviu isso.

    Não sou inocente a ponto de achar que ele faria isso de graça, ou recebendo pouco, já que no futebol, só quem ama incondicionalmente o time, é o torcedor.

    Eu acho que ele queria mesmo fechar com o Flamengo, deixou isso bem claro e por isso o Flamengo esteve tão tranquilo nas negociações. Mas o A$$I$ deve ter deixado claro que o time ia ter que ter uma oferta de salário igual à maior que aparecesse. Eu sei que quem manda é o dinheiro, mas vontade de morar no Rio ele tinha há muito tempo. Até pelo filho dele que mora lá e ele sempre passa férias na Barra.

    O Andrés não divulgou isso, mas acho que mais correto que falar “a porta está aberta” é dizer que ele tem que se resolver com o Santos primeiro. O Andrés é oportunista, toda vez que tem a chance, joga pra galera. Eu acho errado, mas tem gente que gosta. É uma questão de opinião.

    Abraçø

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Luiz Machado, Nisso, concordo. O Andrés pensa muito com a boca.

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Felipe Reis, Sinceramente acho que o Ronaldo Gaúcho já estava acertado com o Flamengo. Caras como ele, na mesma linha que o Adriano, se dão bem no Rio de Janeiro. Se ele viesse para o Palmeiras não teria tanta mídia e a receptividade da galera flamenguista é excepcional. Ainda pensei que fosse para o Grêmio por questões emocionais e tals. Mas no final, é tudo BU$INE$$

    [Reply]

  2. Anderson "Mené" Vieira disse:

    Caramba, o Pelé queria ser da Fiel??? Poxa vida, ele vai morrer triste.

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Anderson “Mené” Vieira, Hahahaha! Não tenho dúvidas disso.

    [Reply]

    Tiago Buckowsky Reply:

    @Anderson “Mené” Vieira, Essa piada é boa ! Tem aquela do papagaio também !!!! pode uma coisa dessas !

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Tiago Buckowsky, Bom. A afirmação veio de Roberto Rivellino. Pense, cara. Vai dizer que o Pelé quando jogou contra o Corinthians jamais pensou o que seria se ele estivesse do outro lado? Acho impossível ele não pensar. E tem outra. Você que é o historiador do nosso blog deve saber que rola a história de que o burro do Wadih Helou dispensou o Pelé quando veio de Bauru e que o Edson era corinthiano desde molequinho… http://globoesporte.globo.com/pele-70/noticia/2010/10/antes-de-ser-carrasco-do-timao-o-menino-pele-torceu-pelo-corinthians.html

    [Reply]

    Gilmar SANTÁSTICO Reply:

    @Sylvio Micelli, acho melhor informar-se direito, o menino que veio disputar peneira no timinho era outro que veio de Bauru à época, o próprio Pelé contou essa história, pois o destino do melhor do mundo em todos os tempos só poderia ser no melhor de todo o mundo em todos os tempos, SANTÁASTICO o SHOW da VILA é claro, hehe…

    [Reply]

  3. @junimcarriola disse:

    Cara totalmente perfeito seu post, muito bom mesmo pra calar a boca das rivais invejosas, vou divulgar aqui com certeza vlw de coração. Salve salve Corinthians ♥

    [Reply]

  4. Vinícius Vidal disse:

    Ô Sylvio, bróthi, não precisava levar pro lado pessoal isto. Eu sei que a gente torce, ama o time, etc, mas não precisa se doer tanto. Eu fiz uma sátira pra cima do Corinthians, não tem nada sério ali.

    1 – Não agi com preconceito, ao contrário, quem me conhece me chama de “curintchano” pq sou fuleragem, de bar, tosco, eu e o Pandão poderíamos ser classificados por isto inclusive. Ao contrário dos sao-paulinos mauricinhos como é visto a torcida do SPFC. Mas eu sempre falei assim pq acho que falar “corinthiano” é mto fresco. Não tem a ver com preconceito contra pobre, desdentado e o que for.

    2 – Eu sei que jogador deve ir pra onde quiser. Falei isto no comentário. O problema é dele, a carreira é dele. Só acho que tem toda a possibilidade de se queimar. Exemplo: o Ronaldo. A torcida do Flamengo não ficou puta pq ele foi pro Corinthians, ela ficaria triplamente puta aí sim se ele fosse pro Vasco, Botafogo ou Fluminense q são os inimigos ferrenhos dos flamenguistas. Ela ficou puta na verdade pq ele preteriu o time que vestiu a camisa, se disse torcedor e saiu por aí dizendo que era o sonho da vida dele jogar no Flamengo. E dps veio dizer que virou “corinthiano”.

    3 – E qto a procurar jogadores que foram/são ídolos de outro clube. Seguinte, todos tem esta liberdade, concordo com você. O SPFC já fez isto com o Ricardinho, eu lembro da merda que foi. Mas acho uma puta duma estupidez. Eu não qro q o SPFC assedie o Valdívia, o Robinho (como já assediou), o Elano, etc. Eu qro q o SPFC assedie jogadores que não tiveram história em clubes rivais, ou se tiveram, que não tenha sido marcante. Acho que pro jogador é mto mais interessante financeiramente (pensando em carreira) se ele for um pouquinho só mais fiel. É mais ou menos como o SPFC trazer o Elias agora no meio do ano. O cara foi aclamado pela Fiel e vem vestir a camisa do SPFC, ele vai ficar marcado, não será amado mais por ninguém e jogará sua história no lixo. Veja só a história do próprio Ricardinho como ficou, quem quer ele agora?

    É a velha história, quem quiser pode ir, quem quiser pode comprar. A minha opinião como torcedor é de uma visão de como eu gostaria que fosse.

    4 – Nós são-paulinos precisamos nos achar mesmo. Eu aprendi isto cedo com uma chefe de marketing. Qdo a gte faz qquer coisa precisamos estampar, falar, declarar, mostrar exibir. Se nós ñ fazermos nada, vamos continuar a merda q somos. É fato e velho isto.

    É engraçado pq tem uma teoria. A Libertadores da América só começou a ser valorizada dps q o SPFC ganhou as duas edições na década de 90, a diretoria na época fez um estardalhaço e outros times começaram a enchergar mais a taça.

    Aquela camise 6-3-3 mexeu com mtos adversários, pode ter certeza disso. E nunca se falou tto em números de títulos como hoje em dia.

    Eu me orgulho q meu time tenha feito isso. Muito. Somos diferentes por isso? Que seja.

    E outra mano, o curintcha tem teto de vidro, toma cuidado, o SPFC não é o time mais odiado não. Apesar de que tal título não seria mal pros negócios. O time mais odiado do Brasil é o próprio Corinthians. Vá em qualquer estado do país e faça uma pesquisa rápida e vc vai ter o resultado. O Corinthians é visto como queridinho da mídia, lógico, pq vende. Mas isto sempre foi assim, eu cresci vendo Corinthians na TV, era 5 transmissão de jogos pra 1 do SPFC, 1 do Palmeiras e 1/5 pro Santos. Sempre foi mano. O Corinthians era pauta de tudo, e ainda é, na mesa redonda nego discute peido do Ronaldo e ignora os outros clubes. E isto velho, gerou duas coisas: ódio em quem torce para outro time e não aguenta mais ver o “time do povo, da multidão, dos pobres, dos coitadinhos, o Timão” na TV e cegueira no seu próprio torcedor, que continua achando que são enormes, importantes, mas mundo afora é visto como um time folclórico, só, tipo o Racing da Argentina saca?

    Eu respeito, mas a gente precisa olhar mais e ver que os outros estão fazendo, e que sinceridade pura, os 5 times que vem fazendo mais e hoje podem ser considerados grandes, competitivos e modernos no Brasil são: Cruzeiro, Santos, Internacional, São Paulo e talvez o Flamengo.

    5 – A gte sabe q o Morumbi caiu pq teve política né mano? poxa, ñ sou fã do meu estádio, vejo trezentos problemas no Morumbi, fiz um post comentando, agora dizer q caiu fora da Copa por causa de arrogância? Ah véio. Menos né?

    E velho, nem qria fazer esse comentário enooooorme, todo cheio de teorias e defesas, eu fiz aquele post pra satirizar essa busca do curintcha e tocar no assunto, não qro criar debates sérios, cisudos de “meu time é melhor que o seu” buuuuu, nada disso, prefiro deixar isto pros bobalhões da Gazeta e Band que ficam brigando por qquer coisa. Apesar de tudo eu respeito o curintcha, vc sabe disso, já comentei em outro post, acho q poderiam ser de verdade o maior time do país ao lado do Flamengo, potencial tem, só não tem capacidade.

    Beijão Mano!

    [Reply]

    Marcela Semler Reply:

    @Vinícius Vidal, É por essas e outras que o Vini é o meu orgulho… Mandou muito bem…

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Marcela Semler, Você só se orgulha dele. Puxa saco de chefe é fodis. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    [Reply]

    Marcela Semler Reply:

    @Sylvio Micelli, Eu me orgulho dele porque ele te respondeu com nível e calma, com argumentos… Nem todo mundo agiria assim, sabia!? Ele mandou muito bem sim e escrevo isso aqui qntas vezes forem necessárias…

    Pq de faniquito e arrogância naum vou me orgulhar nunca mesmo… sendo chefe, papa ou o diabo que carregue…

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Marcela Semler, nhé nhé… Puxa! =P

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Marcela Semler, Porra. Fazia tempo que não ouvia / lia “faniquito”… hehehehehehe

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Vinícius Vidal, Eu encarei como sátira, mas fiz a defesa do Corinthians. Também sou de buteco e não levei para o pessoal, até porque eu sou nada perto do Corinthians ou mesmo do SPFC. É verdade que a Libertadores foi valorizada com o Telê, até porque ele tinha aquele maldito estigma de não ter sido campeão do mundo. Agora… eu sei que o Corinthians é odiado. Tanto que sempre escrevo, o mais amado e mais odiado clube do planeta. Em relação à Copa, o caso é assim. O Ricardo Teixeira não gosto do SPFC e acho que nem gosta do estado de SP. Enfim, no hard feelings e precisamos marcar uma no boteco para discutir esta porra.
    P.S. Eu não quero o Elias no Corinthians. Eu quero o Cristian. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    [Reply]

    Vinícius Vidal Reply:

    @Sylvio Micelli, então é nóis. eu gostei mto da resposta, e da discussão, apesar de achar que foi muito sisudo, mas internet e texto tem dessas mesmo, rs, se fosse trocando idéia num bar a gte já teria dado muita risada.

    Vc quer o Chistian realmente? Aposto q se ele voltar ñ vai jogar mais aquele futebol. Pelo menos eu torço, rsrsrsrsrs

    abraços!

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Vinícius Vidal, Eu o gostaria de volta, ainda mais seu o Jucilei. A gente perdeu um p*** meio de campo. O Cristian nem precisa jogar bem. Marcando contra o São Paulo, já fico feliz. kkkkkkkkkkkkkkkkk

    [Reply]

  5. Jefferson Fideles disse:

    Estou emocionado com o seu port. Concordo com tudo, exatamente tudo. Você disse nesse blog tudo o que eu pensava sobre os pobres amigos torcedores contra o Poderoso Timão.
    Eu sou corintiano roxo mas assumo o meu respeiro e admiração por jogadores como Marcos (Goleiro do Palmenras), Rogério Ceni (Goleiro do São Paulo), acho incrível jogadores como o Lucas “Marcelinho” (que hoje joga no São Paulo) e Neymar (Santos), mas não entendo, porque torcedores de outros times não tem o mesmo respeito pelo Corinthias. Eu sempre achei que a glória que o Corinthians tem hoje, sem dúvida nenhuma deve a clubes como Palmeiras, São Paulo e Santos, as vitórias, os títulos conquistados encima destes clubes foram mais especiais ao Corinthias, então porque odiar tanto um time que fez parte da história e até mesmo das glórias de São Paulo, Santos, e Palmeiras?
    Me expliquem.

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Jefferson Fideles, É assim mesmo. Os grandes incomodam. Mas agradeço suas palavras e saiba que aqui tem um corinthiano roxo, preto e branco defendendo nosso clube. Grato pela visita.

    [Reply]

  6. João disse:

    Maravilhoso, tem pessoas que precisam ouvir e ler certas coisas, tenho uma certa pena desse rapaz, só para arrematar conheci um jogador do time do Jardim Leonor, aliás, foi grande jogador, não direi seu nome pois ainda vive e os tempo são estranhos, um dia falando das histórias do futebol ele me confidenciou, era um grande time aquele, mas sabe, não dava tesão jogar lá. É isso, eles podem ter 5000 libertadores, mas chato é um time que não dá tesão de jogar.

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @João, É assim mesmo. E sem tesão não há emoção! Agradeço suas palavras e saiba que aqui tem um corinthiano roxo, preto e branco defendendo nosso clube. Grato pela visita.

    [Reply]

  7. Wagner disse:

    Belissima resposta, parabéns, deixou qualquer torcedor rival no chinelo.

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Wagner, Obrigado, amigo! Agradeço suas palavras e saiba que aqui tem um corinthiano roxo, preto e branco defendendo nosso clube. Grato pela visita.

    [Reply]

  8. Rafael Barreiros disse:

    Esse texto foi bastante prolixo e sem foco. Por isso vou me ater apenas ao título da crônica: “10 entre 10 jogadores querem jogar no Corinthians”.

    Esse comentário do Dadá é, talvez, um dos mais infundados da história da crônica esportiva. Talvez fosse uma vontade dele, mas que não pode, de maneira alguma ser extendida a outros jogadores.
    Exponha a mesma questão a jogadores como Marcos, que deu a alma para defender o Palmeiras debaixo das traves. Diga o mesmo para o Rogério Ceni, que vai a uma coletiva e pronuncia “Meu coração tem 5 pontas e é vermelho, preto e branco. O dia em que a torcida do SPFC não gostar mais de mim, eu não terei mais motivo para jogar futebol.”. Tenho certeza que esses caras preferem o esquecimento, a serem lembrados por um dia terem vestido a camisa do Corinthians.
    A prepotência dos corinthianos é achar que nenhuma torcida é capaz de amar o seu clube como os corinthianos. Uma grande mentira. As outras torcidas são sim completamente apaixonadas pelos seus times. A diferença é que as outras torcidas não são abestalhadas como a do corinthians.

    Vá ao sul e verá que o fanatismo corinthiano é fichinha perto da paixão da dupla Grenal. O mesmo acontece em Minas, com Cruzeiro e Galo. Em Pernanbuco, entre Sport e Náutico. Em Belém, entre Paysandu e Remo.

    O Corinthians menospreza esse verdadeiro bando de loucos.

    O amor da torcida corinthiana é como o amor cantado em uma musica piegas: bobo, forçado, brega!

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Rafael Barreiros, Esta é a sua opinião, que respeito, mas que não condiz com a realidade dos fatos. Em que pese o querido leitor ter considerado o meu texto prolixo, ele está fundamentado e obviamente que há exceções para justificar a regra. É claro que Ceni ou Marcos jamais vestiriam a camisa do Corinthians. Mas a declaração é a expressão de um jogador histórico que passou por dezenas de times. Os corinthianos não menosprezam as outras torcidas. O mesmo não podemos dizer dos outros torcedores. O amor, meu caro, é “bobo, forçado, brega”. Se ele for esquadrinhado, mecânico, deixará de ser amor. Amor, paixão, são coisas que não se explicam. Sentem-se ou não. Simples assim.

    [Reply]

    Rafael Barreiros Reply:

    @Sylvio Micelli,

    Sylvio, a parte do “bobo, forçado, brega” foi apenas uma provocação. Provocação sem a qual não tem graça discutir futebol. Concordo com você quando diz que amor não se explica e que não pode ser mecânico.

    Porém, mantenho minha opinião sobre o desdém da torcida corinthiana com relação ao sentimento das outras torcidas. Bordões como “aqui é curintia” ou “corinthiano sofredor” soam como “Sou foda o suficiente para torcer para esse time. Torcer para outros times é fácil.” O que não condiz com a verdade. Vá assistir a um jogo do Sport, do Inter, grêmio, Altlético MG ou Paysandu. Não perde em nada para a pressão de assistir a um jogo no meio da Gaviões. Mas os corinthianos ignoram isso, e se levam a sério demais.
    Isso é tão arrogante quanto São Paulinos arrotando títulos e estrutura. A diferença está apenas nos valores nos quais está apoiada a arrogância.

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Rafael Barreiros, O problema é que você compara o Corinthians com times infinitamente menores em torcida e, consequentemente em pressão. Se Sport, Inter, Grêmio, Atlético MG ou Paysandu perdessem do Tolima, ninguém falaria nada. Talvez os gaúchos na rixa regional deles. Mas como foi o Corinthians, aí o mundo desaba, porque o Corinthians é absolutamente nacional. Claro que o amor pelo clube é o amor. Conheço um senhor que torce para a Portuguesa Santista e acha o Santos uma aberração. Eu valorizo isso. Só que quando é o Corinthians, as críticas e a pressão são infinitamente maiores. E tem que ser “foda o suficiente” para aguentar tudo isso. E nós somos.

    [Reply]

    Rafael Barreiros Reply:

    @Sylvio Micelli,
    Cara, isso é normal com times grandes. Não é porque é o corinthians. Quantos corinthianos, palmeirenses, flamenguistas não se deliciaram com o choro do Rogério ao perder para o Inter? Quantos São Paulinos e Santistas não morreram de ir quando o Marcos comeu mosca na final do Mundial, contra o Manchester? Ou quando o Flamengo levou 3 gols do Cabañas em pleno Maracanã?
    Ser motivo de chacota em fracassos não é privilégio do Corinthians. Todo grande time está sujeito a isso.

    O corinthians conquistou a condição de alvo preferido justamente por se achar “Todo poderoso” e nunca ter feito nada relevante de fato.

    Corinthiano dá carteradas como um estudante de direito. Encara o policial, o segurança da boate e grita que é advogado. Mas na hora da verdade, não aguenta o tranco porque ainda é só um estudante de direito.

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Rafael Barreiros, Suas premissas são frágeis e você quer que eu acredite nelas como postulados que não precisam ser comprovados. Como você pode definir que “o Corinthians conquistou a condição de alvo preferido justamente por se achar “Todo poderoso” e nunca ter feito nada relevante de fato”. Alto lá meu caro. Exceção feita a Libertadores, temos todos os títulos possíveis e sem canetada da CBF. Não queira desmerecer um clube que entre títulos internacionais e nacionais, tem mais de 100 conquistas em sua história. E somos, disparado, o maior campeão do Paulista que é um campeonato disputado por vários clubes e não em disputas relegadas a dois ou três times.
    O Corinthians não dá carteirada. O Corinthians é. E que as coisas são potencializadas contra nós, são sim. Não queira enganar-se ou enganar-me com ilações que não condizem com a realidade dos fatos.

    [Reply]

    Diego Reply:

    @Sylvio Micelli, Jesus amado, quanta alienação hein, meu caro!?

    Aos demais torcedores que querem se desintoxicar de tamanha prepotência e arrogância, deem um pulinho na coluna da Colorada Marcela Semler, bonito demais.

    Porque RESPEITO é bom e todo mundo gosta. E a maioria (veja bem, não estou generalizando) dos “curintianos” não tem nenhum.

    Saudações de um torcedor do “nanico” Santos FC.

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Diego, Não chamei seu clube de nanico. Você que está colocando em meu texto, coisas que não escrevi. O sãopaulino criticar o Corinthians pode. O corinthiano responder à altura não pode. Ainda bem que vivemos numa democracia. Será? Eu respeito a tudo e a todos, coisa que não é feita em relação ao Corinthians.

    [Reply]

    Felipe Reis Reply:

    @Diego, Ao entrar nesse blog e chamar quem escreve de prepotente é sim ser DESRESPEITOSO comovocê diz que os Corinthianos são em sua maioria. Assim vc se mostra um torcedor “nanico” de um clube respeitado…

    [Reply]

    Diego Reply:

    @Felipe Reis, Brother, no hard feelings, ok? Não quis ser desrespeitoso, desculpe o mau jeito aí.

    [Reply]

  9. Tiago Buckowsky Xavier disse:

    Mode brinks on>>> Vocês são pequenos, vocês que se entendam !

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Tiago Buckowsky Xavier, Falou, grandão… =D

    [Reply]

  10. Gilmar SANTÁSTICO disse:

    O timinho da marginal s/nº precisa aprender a fazer em casa seus ídolos, pois ele vai ao mercado e está pegando só a XÊPA (hehe..), ou vc acha que ronaldo e rc não são (veteranos em fim de carreira)?
    abram os olhos curintchanos, o dinheiro tá acabando, o istádio num vêm (o mundo acaba em 2012) e vcs acreditaram nessa istória de istádio!!!!!!, hehe, são inocentes mesmo…..
    ah esqueceram do lulinha!!!! qui craque hein!!, e é identificado com o psj, que tal…

    tô vendo qui vcs vão comer poeira esse ano di novo,e da-lhe SANTÁSTICO o SHOW dA VILA, hehe…

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Gilmar SANTÁSTICO, Olha meu caro. Cansamos de fazer jogadores. Tanto que ninguém tem mais títulos do que nós na Copa São Paulo de Juniores. Nem vou falar a lista, porque derrubaria o servidor e o blog. Mas procure, com respeito, se informar.

    [Reply]

    Gilmar SANTÁSTICO Reply:

    @Sylvio Micelli, Com todo o respeito, é o que eu digo sempre até no júnior vcs produzem XÊPA, hehe (andré santos, lulinha, jô,) num têm comparação vcs se preocupam com títulos nas categorias de base, nós nos preocupamos em formar artistas da bola, craques de futebol, e para chegar ao nível Internacional do SANTÁSTICO, vcs terão qui contratar muitos ronaldos ainda (é só XÊPA meu, hehe..)….

    e num fica contentinho não com essa vitórinha di ontem pois vc bem sabe que na hora do vamo vê vcs tremem na base, hehe….vide vitória, goiás, TOLIMA, quando disputam títulos conosco não têm pra ninguém (de 10 decisões ganharam uma)…

    SAUDAÇÕES SANTÁSTICAS com todo respeito é claro Silvio, apesar das brincadeiras tenho o máximo respeito por vcs, abração.

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Gilmar SANTÁSTICO, Lamento, mas não se pode dizer que jogadores em nível de seleção são “xepa”. Produzimos Roberto Rivellino, produzimos o Lucas, revelação agora no São Paulo e por aí vai. O Santos, a meu ver, é um time que vive de ciclos. A cada década aparece um time, vocês ganham alguma coisa e ponto. Não há uma constância.
    Sobre o Tolima, isso já passou e só está na sua cabeça por falta de argumento.
    Levo tudo na brincadeira. Sem problemas. Não vou transformar você em corinthiano e você não vai me transformar em sardinha… Agora quem dá bola é Fábio Santos…

    [Reply]

    Gilmar SANTÁSTICO Reply:

    @Sylvio Micelli, Rivelino, vc foi longe hein, hehe, mas faz tempo que não revelam ninguém, o Lucas perderam por imcompetência clara, agora deixa eu reavivar sua memória, Tolima não é falta de argumento, é a mais pura realidade, hehe, vcs irão ter que ouvir isso até a próxima liberta-as-dores, hehe se é que irão voltar um dia né, enquanto isso continuemos jogando a Libertadores, certo……

    [Reply]

  11. Roberto Galeza Filho disse:

    Revivendo brigas, mas não perdendo a oportunidade: “Ninguém no Brasil ou na América Latina é melhor que vocês… Menos, sãopaulino. Bem menos.”

    Menos não, mas isso é a realidade.

    Existe algum time com o tempo de vida do São Paulo Tri campeão mundial ? então podemos não ser os melhroes da américa, mas estamos bem perto de ser os melhores.

    Bem do Brasil já somos. =p

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Roberto Galeza Filho, A questão, meu caro, não é a quantidade de títulos e, sim, a postura. Se o SPFC não quisesse dar uma do que não é, não teria problemas.

    [Reply]

  12. Ethienne disse:

    Como já dizia meu velho pai em época de copa do mundo, eu torço para o Corinthians,não que eu seja antipatriota, mais o Brasil esta dividido entre Corinthianos e não Corinthianos, só perco tempo com o que realmente interessa, jogos do meu time, ao contrário dos trouxedores dos demais clubes, aos São Paulinos, já que vocês falam e aguas parão, coloca o time completo para jogar Copa do Mundo, alias se o time de vocês tivessem disputando não teria pra ninguem né, talvez o Brasil nem seria Penta.

    [Reply]

  13. denis disse:

    CAROS LOUCOS DE PLANTÃO Ñ DE OUVIDOS A O TORCEDOR DO TIME CALOUTEIRO Q NAO PAGA SALARIOS ;
    2012 SEGUNDO MAIOR PATROCINIO DO MUNDO;

    A CAMISA MAIS LINDA DO MUNDO;

    90 MILHOES PELO CARLITOS;

    A COPA VAI SE NA FAVELA PRO VERDADEIRO BRASILEIRO ASSISTIR NAO PROS SOBRENOME EUROPEU DO ELEONOR E ANA ROSA;

    ANDRES É PRO CORINTHIANS OQ O LULA FOI PARA O BRASIL,A LUZ NO FIM DO TUNEL;

    ATE 2016 CORINTHIANS O MAIOR CLUBE DO MUNDO GOSTEM VCS OU Ñ;
    IGUAL CORINTHIANS?
    SÓ CORINTHIANS IRMÃO!!!!!!!!

    [Reply]

  14. Gustavo Santos Fp disse:

    esses jogadores qe estão para ir ao corinthians se irem pro timão o corinthians vai ser zika

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: