Canelada

Home | « Todos os posts do Timão

PRAGMÁTICO, MAS A PESCARIA FOI BOA!

por
2/06/16

CORINTHIANS DOMINA AMPLAMENTE O CONTROLE DE BOLA NA PARTIDA CONTRA O SANTOS EM ITAQUERA. E COM MUITA PACIÊNCIA CONSEGUE FURAR O FERROLHO SANTISTA, EMPLACANDO SUA TERCEIRA VITÓRIA SEGUIDA NO BRASILEIRÃO.

 

Giovanni Augusto na comemoração do único gol do jogo. Valeu pela insistência e a paciência.

Na noite desta quarta-feira o timão recebeu o Santos na Arena Corinthians pela 5º Rodada do Campeonato Brasileiro 2016. Embalado pelos últimos resultados em cima de Ponte Preta e Sport, a equipe corintiana dominou o jogo nos 90 minutos, domínio este basicamente na posse de bola e controle emocional, pois a retranca das “sardinhas do litoral” foi bem executada durante o jogo, haja vista que o gol de Giovanni Augusto ocorreu somente aos 36 minutos do segundo tempo.

Diferente de outras resenhas nos pós-jogos do timão, desta vez vamos apenas falar de como as duas equipes se portaram dentro de campo, pois lances de gol de fato foram bem escassos, tendo o Corinthians feito pressão, marcação alta no campo de ataque, fazendo o adversário errar e recuar diante da intensidade aplicada, porém, sem arremates de expressão, ou chances que pudessem levar amplo perigo ao gol santista.

Guilherme foi muito bem marcado durante a partida, ferrolho santista tentou barrar o meia corintiano.

Para dizer bem a verdade, o jogo no aspecto de emoção por lances de gol ficou devendo e muito, pois as “sardinhas” entraram em campo para defender a qualquer custo, muito provavelmente sentindo a falta de seus três principais jogadores (Ricardo Oliveira, Gabigol e Lucas Lima), e o trio fez falta, pois sem nenhum esquema tático que ao menos pudesse levar perigo ao goleiro Walter, o Santos, como se diz na gíria do futebol, “colocou 11 dentro do gol”, mas o Corinthians não soube aproveitar o medo adversário, e a base de muita paciência trocou passes, tentou triangulações mal sucedidas, e jogadas pelas laterais, arrematou pouquíssimas vezes a meta do goleiro do peixe.

De forma muito pragmática a equipe corintiana foi trocando passes e passando o tempo, com amplo domínio na posse de bola, teve em alguns lampejos de boas jogadas usando principalmente Giovanni Augusto pelas pontas do campo, uma vez que Guilherme que vem fazendo bons jogos estava muito bem marcado por Renato, que apenas vacilou no momento do gol, que teve cruzamento do próprio meia corintiano.

A lamentações de Luciano, pouca mobilidade e sem nenhuma ação no jogo.

Faltava ao timão criatividade e maior mobilidade principalmente do meio para frente, se formos considerar a participação dos jogadores na partida, sobre nossa “alternativa” para o comando de ataque, não daria nem para dizer que foi razoável, pois parecia o “bonecão do posto”, indo de um lado a outro sem fazer nada, e já falei que a solução não é o Luciano! Já outros atletas foram bem, como Cristian, Giovanni Augusto, Fagner (mas este nem da mais para falar, esta voando), e o próprio Uendel, já Guilherme apesar de muito bem marcado, continua sempre mostrando muita disposição e lutando pela posse de bola em todo jogo.

Pragmático, paciente e sereno. Este foi o Corinthians nesta pescaria, trocou passes, arrematou pouco e sem eficiência, perdendo no segundo tempo sua mobilidade no meio de campo, mas sempre tentando furar o ferrolho santista, e conseguiu. Também teve o apoio, e a paciência dos mais de 30 mil torcedores presentes no estádio, que não vaiaram entendendo a situação que o jogo se encontrava.

Agora é esperar pelo Sábado, onde o timão recebe o Coritiba em casa buscando manter a boa seqüência de vitórias e continuar entre os primeiros colocados no Brasileirão.

 

\o/  VAI CORINTHIANS!

 Thiago Oliveira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Gostou? Não? Comenta aí: