Canelada

Home | « Todos os posts do Coxa Branca

Honestidade no futebol?

por
19/08/13

Senhor presidente Vilson Ribeiro de Andrade, me permita comentar parte da sua entrevista dada às rádios ontem após a partida, quando falou sobre a honestidade no futebol.

Honestidade e futebol são antagônicos, principalmente depois que o esporte passou a ser uma indústria do entretenimento. E como toda indústria visa lucro, os meios para atingir os fins pouco importam.

Ao final da partida fiquei pensando sobre essa tal honestidade e rememorei lances que o Coritiba foi protagonista dessa tal honestidade, como o canetaço dos anos 90 e a final da Copa do Brasil 2012, contra o rebaixado Palmeiras. Quero também ressaltar que essa mesma tal honestidade fez o Fluminense passar da terceira para a primeira divisão.

Não seria hora de rever o processo como um todo? Porque ou se faz alguma coisa ou isso vai ficar igual aos pedágios espalhados pelo país, que sempre necessitam de uma revisão, mas ninguém quer ser o revisor.

Oras, em pleno século XXI e com toda a tecnologia presente, se houvesse honestidade no futebol, haveria necessidade do árbitro e de seus auxiliares?

Os torcedores de uma maneira geral quando vão ao estádio e presenciam um lance como o de ontem, decidido no trilar do apito, exercitam seu lado “deus” ao julgar se a decisão do árbitro foi correta ou não, dentro dos seus critérios de honestidade, mesmo que ela seja correta sob os critérios do próprio árbitro.

“Se ele assumir que errou, pronto. Está perdoado. Somos seres humanos e sujeitos a erros”. Concordo presidente, mas você já viu algum árbitro de futebol dizer que está errado, principalmente após a decisão já ter sido tomada?

Toda vez que um lance como o de ontem acontece e da maneira como aconteceu, a graça no futebol morre mais um pouco.

Seja como esporte ou como entretenimento, o caminho que tomou não tem mais volta.

Certo está o Alex, quando comentou em uma entrevista que a CBF é apenas uma sala grande de reuniões e que quem comanda é a rede de TV detentora das transmissões.

Para finalizar, presidente, concordo com você quanto ao seguinte comentário: “É por essas e outras que estou saindo do futebol. Não tenho coragem de enfrentar gente que não tenha dignidade para apitar. A comissão de arbitragem é isenta e ela vai avaliar.”.

Só adiciono que não importa o que aconteça daqui por diante com o árbitro, o resultado não mudará.

Resta ao Coritiba, seus atletas, comissão técnica e envolvidos que repensem a maneira como vem jogando, até porque não fossem os resultados contra Portuguesa e Vasco, talvez a repercussão quanto a tal honestidade demonstrada por Péricles Bassols fosse outra.

SAV
RODRIGO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

9 comentários

  1. Ricardo Muzilli disse:

    Também acho que está na hora ter termos honestidade com todos os times:

    http://londrina.odiario.com/esportes/noticia/729539/vereadores-cobram-providencias-do-jogo-do-lec-x-coxa/

    http://redacaoemcampo.com/2012/03/28/com-arbitragem-polemica-coritiba-vence-londrina-por-1-a-0-e-quebra-invencibilidade-do-tubarao-no-returno/

    http://www.espn.com.br/noticia/348966_com-gol-irregular-no-ultimo-lance-e-um-jogador-a-mais-coritiba-arranca-empate-com-a-portuguesa

    [Reply]

    Rodrigo Vieira Reply:

    Bem lembrado Ricardo.

    Estas e outras várias situações que presenciamos ao longo dos finais de semana merecem atenção. Dificil entender porque isso acontece sem ter o pensamento que a arbitragem é tendenciosa e com aval da comissão de arbitragem, CBF e Rede Globo.

    SAV

    [Reply]

    Ricardo Muzilli Reply:

    @Rodrigo Vieira, Olha Rodrigo, por isso eu falo. Um dia da caça, outro dia do caçador.
    A arbitragem no Brasil está uma vergonha como um todo. Não existe um time sendo prejudicado ou beneficiado. Tá faltando árbitros descentes mesmo.

    [Reply]

    Rodrigo Vieira Reply:

    @Ricardo Muzilli, Não falta árbitro decente, mas honesto.

    Mas numa indústria como está hoje, dificil encontrar quem queira concordar com isso tudo e ainda fingir que está certo.

    [Reply]

  2. Giovani H. Freitas disse:

    Concordo com cada palavra escrita.
    Mas e em relação as “malas-brancas” de final de ano?

    Pimenta no C* dos outros é refresco.

    Em 2004, quando o Coritiba veio aqui em Criciúma e deu o sangue por um resultado que não faria diferença alguma pro mesmo, mas em caso de empate ou derrota o Tigre seria rebaixado, não vi nenhum coxa branca falando de globo, ou clube dos 13, ou coisas do tipo.

    Mas como eu falei e repito, concordo com tudo o que escreveste. É ridículo como o futebol é manipulado.

    Se o São Paulo convertesse esses 3 penaltis ninguém se lembrariam deles e passaria batido. E até o Penalti do CAP foi bem duvidoso. Se fosse o mesmo caso pro Criciúma, seria dado simulação. Tenho no mínimo 3 lances claríssimos de penalti a nosso favor que não foram dados.

    Mas isso é coisa que arbitro cagão, medrosos. Tem medo depois da Globo escrachar eles no Fantástico e eles levarem gancho. Uma pena. Acabam com o futebol aos poucos.

    [Reply]

    Rodrigo Vieira Reply:

    Mas é isso mesmo Giovani. E 2005 está aí pra provar que o Coritiba na segunda divisão, ou agradou ou desagradou alguém.

    Está na hora de alguma mudança acontecer e acredito que se nada for feito, devagar o futebol vai morrer limitando o acesso a apenas dois, talvez 4 times em todo o cenário brasileiro.

    A arbitragem é um dos vários erros presentes e amadores do futebol que se diz profissional. Manter a CBF no RJ é outro ponto. Um terceiro ponto é ter a Rede Globo como eterna detentora dos direitos de transmissão. A lista é grande.

    Mas vamos repercutir de maneira lógica e racional que isso tem que acabar, para que os erros de ontem não perdurem…

    Grande abraço

    [Reply]

  3. Davi disse:

    Pô Rodrigo, ainda ñ cansou de babar no ovo do jaguarão do Virsô? Quarta-feira passada ñ vi ninguém reclamando de arbitragem quando a Portuguesa foi operada no pinga-mijo, muito menos falar de honestidade no futebol. Fala pro Virsão, o honesto (só que não!) ir chorar agora no colo da Federação Parananese. Que o diga o Londrina…

    [Reply]

    Rodrigo Vieira Reply:

    Fala sumidão… resolveu aparecer então?? 🙂

    [Reply]

    Davi Reply:

    @Rodrigo Vieira, hahahaha… de vez em quando eu passo aqui pra matar a saudade! e, claro, tirar onda com o coxa e o virsô, rsrsrs… Abs! 😉

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: