Canelada

Home | « Todos os posts do Coxa Branca

O livro que eu gostaria de escrever…

por
29/12/10

Um antigo ditado diz que para um homem ter uma vida plena ele precisa completar três tarefas em sua vida: ter um filho, plantar uma árvore e escrever um livro. Eu ainda estou bem distante desta plenitude. Embora tenha plantando alguns bons pares de árvores, ainda me falta escrever um livro e ter filhos. Este último, por sinal, não faz parte dos meus planos a médio e longo prazo.

Desta forma, me falta escrever um livro. Tarefa nada fácil. Apesar de hoje em dia as facilidades para uma publicação sejam imensas, escrever algo de valor e com qualidade suficiente para preencher tantas páginas é um trabalho complicado, para poucos. Por enquanto, vou treinando.

Mas diariamente, a cada ação que fazemos, vamos preenchendo as páginas de um livro importante. Nossas vidas. São nossas ações que ditam o enredo, o começo, o meio e fim de nossas biografias. Algumas tão especiais que se tornam vários volumes, outras tão inexpressivas que são necessárias dezenas de figuras ilustrativas para completar uma publicação com um mínimo razoável de páginas.

Profissionais da bola são um bom exemplo desta prática. Os desafios de uma carreira curta, mas intensa, lhes permite ter diversas páginas e capítulos dedicados a alimentar a vida e as emoções de milhares de pessoas, os torcedores de seus clubes, a razão de ser do futebol. Pelo menos enquanto ele continuar sendo um esporte de massa e não apenas um espetáculo para ser admirado.

O enredo dos livros da bola, escrito dentro de fora das quatro linhas, é traçado de maneira individual por cada atleta, mas dependendo da coletividade para atingir seu resultado final. Aventura? Romance? Drama? Tudo depende de planejamento, esforço, suor e uma boa dose de sorte e talento.

Vejamos: quais seriam os títulos dos livros das vitoriosas campanhas de 1985 e 1973? Ou, talvez, de toda a década de 1970? E da famosa canetada em 1989? E do drama de dimensões shakespearianas de 2009?

Em 2011 jogadores, comissão técnica e diretoria do Coritiba terão a chance de escreve um belíssimo livro. Recheado de emoções que possa garantir o orgulho de seus leitores, digo, torcedores.

Embora neste ano tenha sido lançado um bom livro, o enredo, apesar de histórias de muita superação, pareceu meio repetido, semelhante a um livro lançado há três anos atrás e por isso não despertou a atenção de todos.

Assim, é no próximo ano que a história poderá ser contada de forma diferente. Uma epopéia que não necessariamente precisará terminar com o título brasileiro. Nenhum Coxa-Branca exigiria isso. Mas uma boa campanha poderá ser o primeiro de uma série de capítulos de sucesso. Tornar o Coxa novamente um best-seller. Este é o desafio dos nossos escribas da bola.

A história será escrita a partir do dia 3 de janeiro e aí os autores – também personagens neste caso, poderão escrever o livro que eu gostaria de ter escrito. Com emoção, amor, doação, alegria e é claro, uma pitada de drama, como sempre há na história do Coritiba.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

10 comentários

  1. Geane disse:

    Poxa,sinto exatamente o que você escreveu!

    [Reply]

    Gibran Mendes Reply:

    @Geane, Obrigado Geane. Não imagina como é bom ler este tipo de comentário.

    Muita paz, saúde e sucesso em 2011.

    Abs!

    Gibran

    [Reply]

  2. Caveman disse:

    Show de bola. Hora de escreverem algo diferente né?

    CHEGA DE MESMICE!! =)

    Abs e FELIZ 2011.

    [Reply]

    Gibran Mendes Reply:

    @Caveman, Obrigado Caveman. Os últimos meses tem sido complicados para mim, espero agora voltar a escrever com mais frequencia e preferencialmente fugindo do lugar comum.

    Muita paz, saúde e sucesso em 2011.

    Abs!

    Gibran

    [Reply]

  3. Stefany Ribeiro disse:

    Nao pode se esquecer principalmente da torcida coxa-branca que esteve sempre apoiando o time nos momentos de tristeza e tbm os muitos momentos de alegrias… Twitter:@stefany_dayane

    [Reply]

    Gibran Mendes Reply:

    @Stefany Ribeiro, a torcida Coxa é uma edição especial desta série Stefany, pode ter certeza. De nossa parte, o que precisamos é um pouco mais de harmonia, pois o clima anda pesado..

    Vamos esperar que 2011 seja de muita paz.

    Abs!

    Gibran

    [Reply]

  4. Naty Schultz disse:

    Parabéns pela matéria!
    Expressa muito bem o sentimento do torcedor.
    Que 2011 seja o ano da renovação Coxa-branca.
    E que possamos mostrar que o nosso time é de primeira, é grande e glorioso!

    [Reply]

    Gibran Mendes Reply:

    @Naty Schultz, Naty, obrigado pelas gentis palavras.

    Que Deus te ouça e 2011 reflita todas estas suas palavras.

    Muita paz, saúde e sucesso em 2011.

    Abs!

    Gibran

    [Reply]

  5. Cleber Soares disse:

    Eu sempre digo, engana-se quem acha que cair pra segundona é bom… mas até mesmo nas piores situações sempre se tira-se algo de bom….. o coxa parace ter aprendido bem a lição…, parabéns pelo post….

    FELIZ ANO NOVO!!!

    [Reply]

    Gibran Mendes Reply:

    @Cleber Soares, exatamente Cleber. Espero que desta vez o Coxa tenha aprendido a lição. Cair de novo, nunca mais.

    Grande anovo pra ti, com muita paz, saúde e suceso!

    Abs!

    Gibran

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: