Canelada

Home | « Todos os posts do Criciúma

A luta pelos 46!

por
29/11/13

Salve Nação Carvoeira!

Agora sim, mais do que nunca, o jogo do ano. O jogo que pode coroar essa torcida com a permanência do Criciúma na elite do futebol brasileiro.

Pessoalmente, fico até nervoso só em pensar no sofrimento que vai ser os 90 minutos no domingo. Perspectiva é de o estádio estar cheio de secadores por causa das promoções, o que não me agrada em nada. Pra começarem a vaiar por causa de dois ou três passes errados não vai demorar muito.

A torcida tem que ser paciente, e apoiar o time incondicionalmente. Vamos fazer a nossa parte e empurrar a bola pra dentro do gol, se for preciso. De domingo não passa! Estou confiante, mas ao mesmo tempo com um pé atrás. O time misto do São Paulo que entrar em campo vai querer jogo. Os jogadores vão querer mostrar serviço e vencer.

Os desfalques ainda improváveis de Lins e Ricardinho farão muita falta se não tiverem condições de jogo.

Lins, o “príncipe da paz” é de longe o melhor jogador do Criciúma no campeonato. E o grande problema dele não jogar, é não ter um substituto que faça a metade do que ele faz. Fabinho e Cassiano juntos não suprem a ausência do Lins. Infelizmente é uma realidade.

Em relação ao Ricardinho, a possibilidade de jogar é maior. Mas ainda corre-se o risco. O dono da bola parada do Tigre ainda se recupera de lesão, mas já trabalhou com bola hoje. Henik, que vinha sendo titular não joga mais esse ano por conta de lesão também. No lugar dele existe a possibilidade do Argel adiantar Ewerton Páscoa, e colocar o Mateus Ferraz na zaga. Ou então sair jogando com Elton. Eu fico com a primeira opção. O time fica mais compacto, apesar de perder um pouco de velocidade, mas é que o Elton caiu muito de rendimento, e não vem demonstrando a vontade que tinha.

Uma coisa é certa. Quem entrar vai ter que entrar com raça e com vontade. Eu acredito que com os 46 pontos e 13 vitórias não temos chances de cair. Mais uma vez vou pedir aos TURISTAS que vão ao campo, não ousem atrapalhar o espetáculo ou vaiando ou jogando algum objeto no gramado. Torçam fielmente para o nosso Tricolor! O Time de Santa Catarina!

Vamos, Tigre! Pra cima deles!

Valeu! Um abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

4 comentários

  1. Luiz de Castro disse:

    Fica frio, Giovani. O time dos bambis é fraquinho e sem raça e, não tendo mais nada a fazer, fica mais fácil ainda. É só jogar certinho que passa o carro nas bonecas!

    [Reply]

    Giovani H. Freitas Reply:

    @Luiz de Castro, Valeu, Luiz!
    Pois então, realmente o time deles tirou o pé! Só o R. Ceni que quis fazer uma graça, mas não deu muito certo! hahaha. abraço!

    [Reply]

  2. Fabio Fernandes disse:

    Olá, Giovani!
    Apesar de tanta mazela ainda predominante em nosso futebol brasileiro, por parte daqueles que tinham como obrigação oferecer o mínimo de respeito aos protagonistas e a nós amantes desse esporte, sou, ainda, um bajulador do futebol brasileiro. E diante desses fatos, nunca entendi o porquê de até hoje o futebol Catarinense não ter conquistado grandes títulos, em nível nacional, e porque não internacional? O que também não adianta é conseguir o acesso e depois lutar para não cair novamente, como está acontecendo com o simpático Criciúma. Uma matemática rápida: levando em conta que o Palmeiras, este ano, não figurou na série A, restaram onze gigantões. Vinte menos onze? Nove! Ou seja, é muito mais por falta de planejamento do Criciúma do que tradição, ou seja lá o que for, frente aos fortes concorrentes. Em se tratando de um estado com uma economia bem expressiva no cenário nacional, que tem uma população/torcida super antenada, não deixa de ser um enigma, para não dizer incompetência daqueles que por lá gerem o futebol. Abraço! assuntodofutebol.com.br

    [Reply]

    Giovani H. Freitas Reply:

    @Fabio Fernandes, Vários fatores, caro amigo Fábio.
    Como você mesmo disse, “tanta mazela ainda predominante em nosso futebol” é o grande início disso tudo.

    Sobre a falta de planejamento, infelizmente acontece sim. Não por total incompetência, mas mais por inexperiência.
    O futebol catarinense, assim como no nordeste, sempre viveu com baixos investimentos nas sombras do eixo Rio x São Paulo. Muitos torcedores infelizmente possuem dois time do coração, não dando muito valor ao time do seu estado. A mídia ainda escolhe pra quem você vai torcer, por aqui. Eu posso afirmar que em Criciúma isso está mudando. Estávamos quase rebaixados pra Série D em menos de 5 anos, e hoje estamos na elite brigando lado a lado com os seus onze “grandes” e a arbitragem.

    Outro fator também que afeta muito aqui, é que Criciúma é uma cidade do interior. A infra-estrutura comparado com uma capital é muito inferior. Já aconteceu aqui de mulher de jogador não querer ficar aqui por que não tem MC Donalds. E o cara ir embora. Mas esse assunto dá bastante pano pra manga. É assunto pra um post meu nas férias.
    Valeu pelo comentário e parabéns pelo seu blog!

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: