Canelada

Home | « Todos os posts do Cruzeiro

Coluna de quinta

por
18/05/17

Ruim demais ficar de fora da festa futebolística desse meio de semana. Se bem que se você se lembrar do que aconteceu no meio da semana passada, melhor mesmo é ficar treinando na Toca. Que esses dias de treino tragam resultado. Certo é que esse meio de semana já vai trazer pelo menos o Flamengo para dentro do Campeonato Brasileiro, depois de uma eliminação meio trágica. Ou não, se eles resolverem abraçar a crise com tudo, mandar treinador embora, riscar carro de jogador… Estou aqui cruzando os dedos para que a turma embarque nessa bobagem.

As coisas estão amansando pelo lado da Toca, o ar já está menos pesado. Dois jogos fora de casa farão bem. Farão maravilhas se vierem pelo menos 4 pontos que nos deem uma boa posição na tabela para aspirações maiores. Nosso próximo adversário, o Sport fez um jogo duríssimo nesse meio de semana contra o Bahia. Tendo a volta em uma semana, acho impossível que eles tirem completamente a cabeça da final da Copa do Nordeste. Essa situação tem de ser capitalizada pelo Cruzeiro.

Resolvi escrever hoje porque estarei impedido de fazê-lo pelos próximos 10 dias. Viajando para destino que não dispõe de tecnologia nem pra saber o futuro da República, espero que o Cruzeiro vença, mas já sei de antemão que ver o jogo será um desafio digno de épico hollyudiano.

Vi ontem o Diego Souza em campo. Aquela arrancada de balsa estava ainda mais lenta do que o comum. Fui pesquisar pra ver e vi que ele estava voltando de lesão, havia falhado três jogos antes desse. O sujeito mal é um alento. Apesar de nunca ter feito gol no Cruzeiro vestindo a camisa do Sport, tem, na carreira, dois hat-tricks  contra o Maior de Minas. Um pelo Vasco na Arena do Jacaré no ano do desespero e outro pelo Fluminense recentemente. Agora o gol que eu lembro dele mesmo foi aquele 0x1 no Mineirão contra o Palmeiras em 2008. O sacana nos tirou da vice-liderança do campeonato (o líder da hora era o Grêmio, que viria a esfacelar durante o 2º turno) e ainda impediu o Amebinha de fazer 14 pontos na Loteca.

Ô Amebinha, conferi aqui pra escrever, concurso 330 da Loteca, Coluna 2 Cruzeiro e Palmeiras. O rateio pra 14 pontos de 650 mil. Fica assim não.

Vi em uma entrevista que o Ney Franco (!) vai por time titular. Aí vamos avaliar. Time cansado, entre finais, e o técnico é o Ney? Vamos deixar escapar uma chance dessa?

Não vou ser o cara que vai falar “Se quer ser campeão tem que ganhar esse jogo” mas é de constatação óbvia que dificilmente o Cruzeiro terá chances assim ao longo da competição. Digo um jogo em que seu time tem a vantagem física e mental. Como o campeonato ainda está no início, nem pressionado o adversário está, apesar da lapada da estreia, quando perderam de 4×0 para a Ponte.

Saber tirar vantagem dessa situação é primordial, assim como são os pontos em disputa na peleja.

É jogo para imposição física. Em boleirês, abrir a caixa de ferramentas no início do jogo, fará os caras tirarem o pé. Quem quer ficar fora de final? Dividir as bolas e mostrar de início que quer o jogo. Marcar o Rogério, que sabe driblar, mas que só olha o próprio cadarço é fácil. Empurra o cara pra linha lateral, impedindo-o de cortar pra dentro. Nós conhecemos o Diego, bem. O falso lento. Requer bastante atenção e fechar o bom arremate de fora da área.

No mais, o Sport conta com uma zaga lenta e o Bebezão no ataque. Nada de muito assustador.

Dificilmente a Ilha vai ter um bom público. A hostilidade lá tradicionalmente vem do gramado muito ruim. Esse ano, pelo menos visualmente, me parece melhor que em jornadas passadas.

Aí Amebinha, pode ir seco na coluna 2. Dessa vez o Diego Souza não vai atrapalhar.

Rafael Marques, Valdívia e Sassá

Na coluna passada, disse sobre o Rafael Marques que “caras com a idade dele, só deveriam vir se for pra ser titular absoluto, incontestável mesmo, nunca para disputar posição”. Disse também que “a não ser que se trate de reposição antecipada vem para um setor já bem concorrido”. Pois bem, o Diretor de Futebol do Cruzeiro, confirmou interesse (!) em mais dois (!!) atacantes. Pra mim é indício claro que tem nego vendido por aí. Que seja só um e que não seja o Arrascaeta, amém.

Valdívia é um cara de difícil avaliação, meio desengoçadão, mas bom finalizador, embora eu não saiba se trata-se de um meia ou atacante. Não é um cara agudo, driblador feito outros caras que temos no elenco como Élber e Alisson. Estaria mais para Rafinha, nesse caso com qualidade superior. Sassá é um dublê de Ábila, finalizador, forte, embora não muito alto. Tem qualidade e espaço pra evolução, por ser jovem. Não o traria pelo extracampo problemático. Carinhas com um parafuso a menos tem de compensar muuuito tecnicamente, o que não me parece ser o caso.

Rafael Marques, já que está por aí, pode ser muito útil. Em situações de jogo: 1. Para substituir o Ábila quando o contra-ataque está mais bem desenhado. 2. Para substituir um meia ou ponta, sem perder tanto na recomposição quando o time estiver correndo atrás do resultado. 3. Quando o time estiver num baita deserto de ideias e quiser aumentar um pouquinho a estatura.

Saudações Celestes e vamo que vamo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

2 comentários

  1. Bruno disse:

    Esse Valdivia (O Psycho Bob dos Simpsons) já falou merda numa entrevista, entao que vá jogar nas frangas. Esse Sassá concordo contigo, jogador com parafuso a menos nao serve, tinha que ser bom de bola acima da média, o que não é o caso dele.
    De qq forma acho que estao procurando substituto pro Abila, já q ele foi comprado por um pouco de dinheiro e muita nota promissória, vao acabar vendendo sem ter efetivamente comprado. Essa gestao “devo, nao nego, mas continuo contratando” preocupa. Como diria o mito Adilson Batista: vamos aguardarrr.

    [Reply]

    Fernandão Canela Reply:

    Até por causa disso, do descontrole financeiro do Gilvan, à priori, sou contra qualquer contratação. Que suba da base, ou que se comprove a insuficiência do elenco atual. Temos caras no elenco que praticamente não tiveram chances esse ano. O Judivan está na transição física, deve estar liberado pra jogar em um mês, será que terá ao menos uma chance?

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: