Canelada

Home | « Todos os posts do Cruzeiro

Cruzeiro 0x0. 10 notinhas para dizer que faltou alguma coisa

por
2/05/17

1. Não é o caso da Raposa e as uvas. Quem acompanha o espaço já leu por aqui a pergunta: Mineiro pra quê? Mais importante do que vencer esse título, que não leva a muita coisa, é não permitir que uma derrota na final do campeonato que desestabilize o ambiente e leve à interrupção do trabalho.
2. Coisa, aliás, que aconteceu nos últimos dois anos. E como é bom ter a certeza que o time é seguro. Podemos não vir a vencer o adversário no Campinho do Horto semana que vem. Mas, já tenho a certeza que as cores do Cruzeiro serão bem defendidas por esse time. É um time que divide, que se entrega, que corre e que acredita em seu comandante. Apenas à título de ilustração, um quarto dos times da Série A já trocaram de comando esse ano. Veremos como se sairão no Campeonato desse ano Vitória, Vasco, Coxa, Ponte e Sport. Se todos (ou quase) conseguiram melhoras imediatas, a todos faltará base e padrão de jogo em médio prazo.
3. Falta ao time do Cruzeiro repertório ofensivo e fluidez de jogadas. Para furar retrancas, o Cruzeiro confia nas bolas paradas, ou numa jogada individual do Arrascaeta. Faltaram nesse jogo inversões de bola, infiltrações dos volantes e chutes de média distância. A boa ocupação do espaço ofensivo não rendeu gols. As raras chegadas do adversário foram até mais perigosas.
4. Aí vai um aparente paradoxo. Saí do Mineirão orgulhoso com o time. Um time que não venceu. Mas reconheço que dificilmente o time vai jogar melhor do que isso. Fui buscar os números para justificar a impressão de que a partida do Cruzeiro foi realmente dominante. Finalizações 14×5, Desarmes certos 24×8, Passes 430×242, Posse 58%. Nessa hora, me lembro de que futebol não é nada exato, e, mais do que criar é preciso definir. Manter o definidor do time no banco não ajuda.
5. Para falar alguma coisa do jogo, achei Henrique o melhor. O dono do meio que, sempre que pôde, empurrou o time pra frente. Nesse tipo de jogo, tão intenso, é meio clichê dizer que todos foram bem. O que em parte é verdade. Todos deixaram o que tinham. Mas senti falta de mais movimentação do Thiago em direção ao lance, um pouquinho de mais vontade de ser protagonista. Na única vez que fez, descolou um bom cruzamento para o Hudson.
6. Vão me dizer que o Rafinha comeu a bola. De fato, o Leãozinho atingiu a marca de 7 desarmes no jogo. Mas como é um passador, não cria desequilíbrio para uma linha defensiva bem posicionada como o rival teve no jogo. Em termos criativos, um Élber ou Alisson que erra 5 e acerta uma pode ser mais útil. Pode, porque tenta. Tenta o diferente.
7. Ouvi depois do jogo muita gente falando que dificilmente o adversário manterá a retranca em casa, e que as coisas podem ser mais fáceis para o Cruzeiro. Discordo. Acho que não só manterão a retranca como ainda podem promover a entrada de mais um volante no lugar do Amarelone, que foi um peso morto no jogo para eles.
8. Caberá ao Cruzeiro mudar. Deixar um reboteiro na área e arriscar de longe é um bom início. Ter um ponta agressivo ofensivamente para abrir espaços com dribles seria o complementar. Meu onze ideal, para esse próximo jogo, teria Rafael; Mayke, Léo, Caicedo e Barbosa; Henrique e Hudson; Neves, Alisson e Arrascaeta; Ábila. Fez um gol? Tira um sujeito menos dedicado na marcação, dentre os da linha de frente, e põe o Leãozinho. Deixa o Sóbis para emergências.
9. No mais, é ganhar (bem) da Chape, que deve abrir mão da Copa do Brasil. Andei lendo aqui e ali e acho que a turma do Velho Oeste sabe onde o calo aperta. Fazer uma campanha de respeito a nível continental, ganhar o 6º catarinense de sua história, o primeiro bicampeonato deles, e se manter na elite do Brasileiro são as duras tarefas do adversário. Adversário esse que tem o pior calendário do FutBrasilis nesse ano, já com duas viagens além-mar programadas para enfrentar Barcelona (Juan Gamper) e Urawa (Copa Suruga, no Japão).
10. Não quero falar mal nem de torcida nem da Diretoria do Cruzeiro, que fizeram bom papel na última semana. Mas o carinha que solta as parciais de público no Twitter… Tem caroço nesse angu.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Gostou? Não? Comenta aí: