Canelada

Home | « Todos os posts do Cruzeiro

Um final de semana sem o Cruzeiro

por
24/01/10

Espera aí, antes de entrar no assunto deste post gostaria de deixar um recado a nação celeste, sintam-se a vontade para dar sugestões e ajudar a construção deste espaço que é nosso afinal.

Pois bem, a Federação Mineira adiantou a estréia do Cruzeiro no Campeonato Mineiro que seria nesse fim de semana para quarta-feira passada, o motivo foi à preparação e a adaptação do time na altitude boliviana. O Cruzeiro encontra-se em Sucre/Bolívia treinando. Um pouco antes da partida contra o Real Potosí o Cruzeiro irá para Potosí que fica a quase 4 mil metros acima do nível do mar, tudo isso para não sofrer os efeitos do ar rarefeito.

A estréia do Cruzeiro no “rural” foi tranquila, 6 a 0 no Uberlândia dentro do Mineirão e poderia ser de mais. Isso mostra a fragilidade dos campeonatos estaduais em geral, talvez à única exceção seja o Campeonato Paulista onde os times do interior recebem uma cota de tevê bem maior e assim investe mais nas contratações. O que chamou a atenção no jogo não foi o placar ou mesmo o esquema tático e sim a “preguiça” do atacante Kléber no 1º tempo.

Não quero pegar no pé do atacante, longe disso, mas até o pênalti ele me pareceu estar fazendo corpo mole ao ponto da torcida azul começar a vaiar o jogador. Saiu no intervalo do jogo calado, cara fechada, não falou com a imprensa.

Já na segunda etapa Kléber mostrou mais vontade, fez três gols, sendo um de pênalti bem batido. Foi realmente outro jogador e até deu entrevista no final e disse:

– Fico chateado com algumas coisas extra-campo. Entrei desconcentrado e acabei perdendo alguns gols, mas isso acontece, porque o time está ganhando ritmo.

O que a china azul quer do atacante é esforço e raça, como aconteceu no 2º tempo, não necessariamente todo jogo precisa fazer gols, mas dando sangue são quase 70% para brilhar no jogo, pois talento ele tem de sobra.

O ano passado foi bem conturbado por conta de atitudes e falas do jogador, ele é sincero demais, acho que no futebol atual a sinceridade não é uma qualidade, mesmo porque, ele tem que pensar em quem paga o seu salário e falar menos, principalmente se envolve um clube verde da capital paulista.

No mais é isso, próximo post vamos falar mais de Libertadores, já que na próxima quarta-feira tem jogo pela maior competição do continente. Avante La Bestia Negra!

Saudações celestes,

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

2 comentários

  1. Fernando Cury disse:

    É… o Kleber é meio difícil de lidar, mas se bem “domado”, ele arrebenta.

    Bem vindo Bruno!!!

    [Reply]

  2. Bruno Vox disse:

    Vlw pelas boas vindas Fernando.

    Ele é realmente um ótimo jogador mas as vezes ele não pensa como tal. A boa relação torcida jogador é fundamental.

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: