Canelada

Home | « Todos os posts do Flamengo

Vencer, Vencer, Vencer!

por
16/11/15

Vencer, Vencer, Vencer

Foto: Divulgação

Às vezes na vida somos obrigados a tomar decisões, seguir opções. As vezes são meras decisões individuais que não passam de um caráter particular da pessoa, mas as vezes decisões mudam vidas de multidões, decidem um caminho para qual uma grande maioria irá seguir cegamente. Decisões que podem ser boas e ruins dependendo do ponto de vista afetado.

Naquele 15 de novembro em 1895, decisões eram tomadas. 6 meros jovens remadores decidem por criar um Grupo de Regatas. Na raça, na vontade, na superação…

Desde o primórdio era assim.

Após afundar a embarcação, talvez muito desistiriam dessa ideia maluca, por maluquice ou por pura teimosia, mas eles não! Foram até o fim!

Salve, Pherusa!

Eis que por força do destino a raça prevalecera e 6 predestinados fundam o Grupo de Regatas do FLAMENGO!

Eles não tinham noção.Talvez não sabiam a decisão que acabavam de tomar naquele momento, talvez para eles era uma mera decisão individual que não sairia do “particular”.

Não, não era.

Ia muito além de uma rivalidade barrista para pegar as cocotas… E naquele aperto de mão entre amigos era o futuro do futebol brasileiro sendo desenhado, era o sorriso do brasileiro em jogo. Era o nascimento daquilo que viria a invadir o coração de uma multidão e que regularia a felicidade deles durante uma vida inteira.

Vencer, Vencer, Vencer

Foto: Divulgação

Salve o Flamengo. Um Flamengo feito por decisões ao longo do tempo. De grupo de regatas a clube de regatas, de azul e ouro a preto e vermelho… O Flamengo do vermelho: Da raça! Do Sangue! O Flamengo do preto: Do povo! De todos!

De todos mesmo! Do Remo ao Futebol nas ondas do Rádio, Brasil afora, navegou-se o resultado da união de 6 jovens remadores. O clube de regatas do Flamengo, do Rio de Janeiro para o Brasil, conquistando e cativando cada brasileiro vivo ou morto! Aos pés de Domingos da Guia e Zizinho, a união de classes se fez. Não era dos pobres e nem dos ricos, era de todos! Do Patrão ao empregado, todos em uma só reverência. Todos em uma só paixão!

Vencer, Vencer, Vencer

Foi em 80 com o GOL de Nunes que o Brasileiro o Mengão ganhou – Foto: Divulgação

As tardes de domingo ganharam uma ocupação. Obrigado, Pherusa! (não canso de dizer…)

O Flamengo joga? Indubitavelmente o Brasil pára! Uma massa pára, se concentra, esbanja fé, autoestima, felicidade!

Ora essa – os outros perguntam. Qual o motivo de tamanhos adjetivos?
Simplesmente Flamengo – A Resposta.

Vencer, Vencer, Vencer

Em 82 o passe foi do Zico – Foto: Divulgação

Arrogantes, dizem-nos. Ou melhor dizem-nos e odeiam-nos.
A maior torcida anti do mundo criou-se também através de 6 jovens.

A coroação de todos, a esperança do Brasil, à felicidade geral se resume em: VAI PRA CIMA DELES, MENGÃO!
O Flamengo não pode perder, não deve perder.

Vencer, Vencer, Vencer

Em 83 o mengo goleou – Foto: Divulgação

A felicidade de uma nação está em provação a cada dividida!

Na fantasia de todos, colorindo de emoção um Brasil inteiro e de preto e vermelho está pintado o maior palco sagrado de futebol do mundo.
Eis o Flamengo!

A raça de 40 milhões, personificada em um personagem, Rondinelli – O Deus da Raça ensina que com esse manto tem de ser assim!

Simplesmente na raça!

Vencer, Vencer, Vencer

1987 foi pura magia quando ganhamos a Copa União – Foto: Divulgação

No batuque do Maestro a perfeição que todos querem ver.

Nas trapalhadas do artilheiro das decisões, pois é, não precisa ser craque. Precisa amar de paixão. No Flamengo há espaço para ruins também.

Vencer, Vencer, Vencer

92 a falta foi do Júnior e eu gritei é PENTA CAMPEÃO – Foto: Divulgação

Na superação de um imperador, na volta por cima daquele que fez o Flamengo nunca mais ser duvidado, a coroação da humildade em pessoa.

O Flamengo realmente é de todos.

Ah… E claro! Na soberania de um rei, o soberano Arthur fez tudo se tornar mais fácil e mais empolgante.

Vencer, Vencer, Vencer

Bonita foi a festa do HEXA com o Imperador – Foto: Divulgação

Do mar a terra, o Flamengo venceu, venceu, venceu e sempre vencerá e vencerá.

Uma força da natureza que troveja, relampeja… O Flamengo mexe com tudo e com todos!

Podem odiar! Odeie mesmo, afinal seu filho está vestido com o manto. Ele também se rendeu…

Vencer, Vencer, Vencer

No gol do Angelim, do escanteio que o PET cobrou!! – Foto: Divulgação

O Flamengo se revigora com tamanho apelo. O Flamengo só cresce.

Ele vibra. Ou melhor todos vibram.

O Flamengo da massa! Da multidão! Do riso, da tristeza! O Flamengo do futebol brasileiro!

Vencer, Vencer, Vencer

Lembrar você: Sou campeão Mundial – Foto: Divulgação

Parabéns, Flamengo! 120 anos de uma história infinita. Os 6 remadores, coitados, são meros mortais… Mas a herança é eterna!

O Brasil está em festa! Hoje é dia de todos comemorarem. A república foi proclamada e o Flamengo também!

SRN
André

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

1 comentário

  1. Fabio Fernandes disse:

    Isso mesmo! Vencer, Vencer, Vencer! Este é o nosso ideal! E era nosso ideal ganhar também aquela libertadores de 81. Mas o Flamengo precisava se firmar como time sensação do Brasil, ou, seja, se tornaria enfim um time grande. Parabéns, rival!

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: