Canelada

Home | « Todos os posts do Grêmio

Em confronto de Tricolores, Grêmio encerra tabu diante do São Paulo e encosta no líder

por
25/07/16

Douglas comemora o gol que deu a vitória ao Grêmio, encerrando o tabu entre tricolores. Tricolor encostou nos líderes. (Foto: Diego Vara/Agência RBS)

Na tarde deste domingo, o Grêmio subiu ao gramado da Arena para receber o São Paulo. O Imortal Tricolor entrou em campo sabendo que se vencesse a partida na capital gaúcha, encostaria no Palmeiras e igualaria a pontuação do Corinthians, tudo isso devido ao empate do alvinegro paulista na tarde do sábado e da derrota palestrina na manhã deste domingo. Mas a preocupação gremista girava na ausência do selecionáveis Walace e Luan, além do negociado Giuliano. A SURPRESA da tarde ficou por conta do time titular, quando Roger Machado confirmou a entrada de NEGUEBA no lugar de Giuliano, deixando o onze inicial do Grêmio com: Grohe na meta, Edilson, GeroMITO, Wallace Reis e Iago na linha defensiva, deixando Jaílson, Maicon, Negueba e o MAESTRO PIFADOR Doga10 na meia cancha e colocando Everton e Bolaños no ataque.

Quando a bola começou a rolar na Arena do Grêmio, o Imortal mostrou suas armas para tentar a vitória. Bolaños e Negueba começaram dando trabalho para a zaga paulista. Com menos de quinze minutos, o Tricolor via em Negueba uma saída rápida para atacar e assim conseguiu seis arremates perigosos, exigindo que o goleiro Dênis fosse o principal nome do lado são-paulino. O Grêmio se mostrava muito solto em campo e conseguia levar perigo com a bola rolando ou com a bola parada. O sétimo arremate gremista veio com Edílson batendo falta, mandando a bola por cima da barreira, e Dênis espalmou, mandando para escanteio. Com seus DIBRES, Negueba levava vantagem em quase todas as jogadas e quando era parado, era só na base da falta. O Grêmio tinha os FILHOS DA LUZ Iago e Jaílson (o que correram estes garotos), a QUALIDADE DIFERENCIADA de Douglas, a GANA PELO GOL de Bolaños e o domínio do jogo por completo, mas os comandados de Roger não conseguiam superar o goleiro são-paulino.

Quando a PELOTA voltou a rolar na Arena, a gremistada estava ANSIOSA para soltar o grito de gol. No começo do segundo tempo, o Tricolor quase marcou com Bolaños, que bateu rasteiro e viu a bola passar raspando a trave de Dênis. Mas a aflição pelo BERRO ENSANDECIDO da torcida foi libertado aos sete minutos, quando Maicon bateu da entrada da área com a perna esquerda e Dênis se esticou todo para fazer a defesa, mas o arqueiro são-paulino acabou dando rebote e o MAESTRO mostrou que sabe ser um VERDADEIRO CAMISA 9 e não titubeou, TACOU A PERONHA PARA O FUNDO DO BARBANTE, fazendo explodir as quase 40 mil vozes presentes na Arena. Depois do gol, Douglas mostrou seu repertório ao dominar a bola no peito e aplicou um chapéu no defensor são-paulino, agitando a gremistada presente na Arena. O Grêmio mantinha os arremates de média e longa distância em seu repertório e Negueba quase ampliou. Douglas, Pedro Rocha e Maicon também tiveram as suas chances para matar o jogo e tranquilizar a torcida, mas nada feito. Mas a situação gremista ficou mais tranquila quando Mena foi expulso e deixou o São Paulo com dez jogadores e o Tricolor só esperou o apito final para garantir a primeira vitória diante do São Paulo na Arena, além de encostar no Palmeiras e entrar de vez na disputa pelo título do Brasileirão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Gostou? Não? Comenta aí: