Canelada

Home | « Todos os posts do Grêmio

Não foi só o juiz

por
31/08/11

Tudo bem que o árbitro nos garfeou, mas não foi só por isso que perdemos.

Até a marcação do pênalti para o adversário o jogo era parelho. Após sofrermos o gol, reagimos e perdemos algumas chances. No segundo tempo, quando éramos dono do jogo, levamos dois gols por falhas infantis do sistema defensivo – aqui sim perdemos a partida.

Além disso, após o adversário ficar com um a menos, Roth deveria ter tirado um volante ao invés de Escudero ou Marquinhos. O que faltou para o Grêmio quando ficamos com 11 contra nove, foi a jogada pelas pontas e maior poder de criação no meio campo. Roth poderia ter aberto Leandro numa ponta e Escudero na outra, por exemplo. Não precisávamos de Rochemback e Fernando na meia cancha já que nosso adversário não passava do meio campo.

O que fica foi a nossa boa atuação, apesar da derrota. Precisamos corrigir nossas falhas e partir com tudo para cima do Atlético-PR, no domingo.

Tiro curto
Mário Fernandes faz falta.

*texto publicado também em mesadebardogremio.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

10 comentários

  1. Rodrigo Digao disse:

    SE o Grêmio não quiser ser rebaixado ou ainda tentar uma vaga na sulamericana que seja , a defesa não pode falhar como falhou contra o Corintians se não tivesse avido as flahs o tricolor ganharia o jogo da mesmo o arbitro errando isso não serve de desculpa não podemos errar como estamos errando na defessa e o André lima precisa de um companhiro na frente só o Roth não encherga isso..

    [Reply]

  2. Sylvio Micelli disse:

    Tivemos 2 gols anulados, 2 pênaltis não marcados e 2 jogadores expulsos. E vocês choram pela arbitragem por causa de um pênalti duvidoso sobre o Emerson e três minutos de acréscimo no final. Queriam oito, né? Hilário! =)

    [Reply]

    Alemão Pizoni Reply:

    @Sylvio Micelli, Sylvio, tu como jornalista (?) deveria pensar melhor antes de escrever tamanhã besteria. Os dois gols foram anulados corretamente. A expulsão do Liedon foi correta, a outra é discutível porque talvez tenha sido rigorosa demais. O pênalti, a imprensa – principalmente a tua terra – disse que não deveria ter sido marcado. Quantos aos acréscimos, sei que jornalista é ruim de conta, mas certamente tu sabe que ele deveria ter dado mais do que meros três minutos.

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Alemão Pizoni, Bom. Vamos aos fatos.

    1. Aqui sou torcedor e não jornalista. Sendo assim, não tenho compromissos de ética jornalística que aplico diariamente no meu trabalho.
    2. Tenho dúvidas sobre os gols. Um, certamente, não estava impedido.
    3. A expulsão do Liédson foi rigorosa, ainda mais considerando-se que foram dois lances em dois minutos. Raramente vemos situações assim. O juiz quis aparecer.
    4. A expulsão do Edenílson foi uma aberração. Se todo o jogador que der um encerada na ora da substituição for expulso, todos os jogos teremos expulsão.
    5. Tivemos dois pênaltis não marcados que você não relatou diferente do seu companheiro de página (Fanny).
    6. O pênalti no Emerson é controverso. Eu, particularmente, não marcaria. Mas vai da interpretação do árbitro. Os dois lutaram por espaço dentro da área. Ambos fizeram falta um no outro, principalmente se você observar as imagens pela câmera frontal.
    7. Vocês jogaram 25 minutos com um a mais e quinze minutos com dois a mais. Queriam o que? Mais cinco minutos e outra expulsão?
    8. Jornalista não é bom de conta. Mas aqui em SP não há, por exemplo, oito minutos de acréscimo.

    Abraços! =)

    [Reply]

    Alemão Pizoni Reply:

    @Sylvio Micelli, O jogo do 8 minutos de acréscimo foi justo, se tu viu o jogo ao qual se referiu sabe que o juiz tinha que ter dado esse tempo todo. E como torcedor que tu és, está cansado de saber que teu time foi, é e sempre será ajudado pela arbitragem brasileira. O Grêmio foi incompetente ao não virar o jogo, mas vocês, corintianos, deveriam ficar eternamente calados quando o assunto é arbitragem. E se aí em SP não existem 8 minutos de acréscimo, é porque os juizes são incompetentes.

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Alemão Pizoni, Sempre somos ajudados. Verdade. Igual ontem. Igual aos dois gols legais que o Ronaldo fez o ano passado contra o Guarani. Igual tantas coisas que vocês sabem, mas só exploram quando é a favor do Corinthians. Em relação a 8 minutos de acréscimo, só no jogo do Grêmio existiu isso. Mas tudo bem. Entendo que vocês vivem uma situação dramática pela qual já passamos.

    [Reply]

    Alemão Pizoni Reply:

    @Sylvio Micelli, Vivemos, mas sairemos, pode ter certeza. Afinal de contas, somos Imortais. E nossas conquistas – um Mundial e duas Libertadores – vieram sempre com sangue e garra, e, acima de tudo, de forma JUSTA, meu caro.

    [Reply]

  3. Marcelo Zerbes disse:

    Aí Sylvio… tu não entendes NADAAAAAAAAAAAA de futebol mesmo hein? Teu “Curínthia” e SEMPRE ajudado quando a arbitragem erra. Assim foi em 2005, quando a CBF deu de bandeja pra vocês o título. Assim foi no jogo desta quarta-feira ante o GRÊMIO. Não apenas Milton Leite e Maurício Noriega (jornalista do SporTV que cobriram o jogo), como toda a imprensa do país, opinou no sentido de que NÃO HOUVE pênalti sobre Émerson. O GRÊMIO era melhor em campo. Isso era notório. Victor não havia encostado na bola ainda. Mas o “Curínthia” tem sempre que ter “uma mãozinha” pra ajudar. Houve 5 substituições, bolas jogadas pelos gândulas para dentro do gramado (ATITUDE DE CLUBE AMADOR DE VÁRZEA), jogador simulando (vide Edenilson), muita cera dos teus jogadores. E foram concedidos PÍFIOS 3 minutos.

    Ah… o teu “Curínthia” é O TIME BRASILEIRO QUE MAIS PERDEU PARA O GRÊMIO. Foram 21 derrotas em Campeonatos Brasileiros, MESMO COM A ARBITRAGEM PUXANDO PARA O LADO DE VOCÊS! É muita incompetência mesmo.

    Na próxima vez, estuda o futebol antes de querer opinar. Obrigado, freguês!

    [Reply]

    Sylvio Micelli Reply:

    @Marcelo Zerbes, Aaaaaaaaaahhhhhhhhhhhh 2005 de novo???? Vindo de um chorolado tudo bem, mas de um gremista até empatar?

    Leia meu texto sobre o assunto e vá aprender um pouco sobre futebol. Abraços!

    http://canelada.com.br/corinthians/o-corinthians-e-as-verdades-sobre-o-campeonato-brasileiro-de-2005/

    P.S. Seu time nunca jogou bolas para ganhar tempo ou o jogador não ficou caído esperando a maca entrar em campo? Não sejamos hipócritas ok… =)

    [Reply]

  4. Douglas "Fanny" Webber disse:

    Tá muito divertido isso aqui.

    Juiz tosco, o Liedson fez duas faltas em dois minutos, sendo que uma foi um carrinho por trás, só o carrinho ficou barato o amarelo.

    Juiz não deu dois pênaltis, mas um teve sequência de gol – eu sei que não se dá vantagem em pênalti o árbitro deveria ter marcado e dai nosso goleiro teria chance de defender a bola.

    O outro ficou no empate com o marcado, que não existiu, tua opinião é contrária Sylvio, eu já entendi, mas no mundo real não existiu.

    Fora isso, o Grêmio poderia mesmo não conseguir empatar ou virar o jogo com oito minutos. Mas era um direito que o Corinthians criou para o Grêmio.

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: