Canelada

Home | « Todos os posts do Palmeiras

[Série B de Brasil] Paraná

por
19/06/13

Olá, amigos caneleiros! Dando sequência à nossa série especial sobre os clubes que Palmeiras e Sport terão pela frente na importante disputa para voltarem à elite do futebol brasileiro, trago aqui minha primeira contribuição. Após a palestrina Mariana Buss apresentar Chapecoense e Avaí, é a minha vez de falar do representante do meu Estado natal.

É verdade que a fase do Paraná não é a mesma de Santa Catarina, Estado que vem sendo a grande sensação nestas 6 primeiras rodadas: Chapecoense e Joinville nas 2 primeiras posições, Figueirense em 5º, Avaí em 13º e ainda o Criciúma, que está na Série A. Realmente, parabéns para vocês, Mari!

A Gralha Azul, mascote do Paraná Clube e ave símbolo do Estado do Paraná

Mas, ainda assim, o Paraná Clube merece atenção. Nestas 6 primeiras rodadas, foram 3 vitórias (contra o ASA e o Figueirense, em casa, e contra o ABC, fora), 1 empate (em casa, contra o São Caetano) e 2 derrotas (ambas fora de casa, contra Paysandu e Oeste). Com isso, o Paraná soma 10 pontos, na 7ª posição (empatado em pontos com Figueirense e Bragantino, que estão à frente por conta do número de gols marcados).

O Paraná é o clube imediatamente à frente do Sport, que está na 8ª colocação, com 9 pontos. Além disso, o grande destaque do time vem sendo a defesa, que sofreu apenas 3 gols nestas 6 primeiras rodadas, sendo, ao lado do Palmeiras, a defesa menos vazada do campeonato.

Um pouco da história

O Paraná Clube surpreende pela sua relativa “juventude” e, principalmente, pelo rápido crescimento nos seus primeiros anos de vida. O clube foi criado em 1.989, com a fusão de 2 tradicionais clubes de Curitiba: o Colorado Esporte Clube e o Esporte Clube Pinheiros.

Com apenas 23 anos de vida, o Paraná soma importantes conquistas a nível estadual e nacional, além de participação na Libertadores de 2007. Mas surpreendente mesmo foram os primeiros anos do clube. Logo na primeira década de existência, venceu o Campeonato Paranaense 6 vezes! E em apenas 3 anos, saiu da 3ª para a 1ª divisão nacional, conquistando a “Segundona” em 1992. Isso mesmo! Campeão da Série B com apenas 3 anos de existência!

O momento atual

Atualmente, o clube é o 27º time no ranking de clubes da CBF. Entre os que disputam a Série B de 2013, o clube fica atrás do Palmeiras (8º), Atlético-GO (18º), Sport (19º), Avaí (20º), Ceará (21º), Portuguesa (23º) e Figueirense (25º). Na construção deste ranking, a CBF considera os desempenhos dos clubes nas competições dos últimos 5 anos. Ou seja, o Paraná terá que fazer melhor do que vem fazendo nos últimos anos se quiser subir para a Série A.

Estádio Durival de Britto e Silva (Vila Capanema), em Curitiba

Curiosidade

O estádio paranista, a Vila Capanema (estádio Durival de Britto e Silva), foi uma das sedes da Copa do Mundo de 1950, quando ainda pertencia ao Clube Atlético Ferroviário, clube que deu origem ao Colorado Esporte Clube, após uma fusão com o Britânia S.C. e com o Palestra Itália F. C. Como dito, o Colorado deu origem ao Paraná Clube, após fusão com o Pinheiros.

Títulos Brasileiros: 1 Série B (1992) e 1 Copa João Havelange (2000; Módulo Amarelo, referente à 2ª divisão)

Títulos Estaduais: 7 (1991, 1993, 1994, 1995, 1996, 1997 e 2006)

Resultado em 2012: 10º colocado na Série B

Resultado em 2013: 3º colocado no 1º turno do Parananense (atrás de Coritiba e Londrina), e 5º colocado no 2º turno (atrás de Atlético-PR, Londrina, Coritiba e Operário).

Escalação do último jogo (Paraná 1×0 ASA): Luís Carlos; Roniery, Anderson, Brinner e Paulinho; Edson Sitta, Ricardo Conceição (Cambará), Lúcio Flávio e Rubinho (Luisinho); Paulo Sérgio e Léo (Fernando Gabriel); Técnico: Dado Cavalcanti

Cuidado com eles!

Lúcio Flávio: meia, 34 anos, revelado pelo Paraná em 1997, teve passagens por Inter, São Paulo, Coritiba, Atlético/MG, São Caetano, Botafogo, Santos e Vitória. Sua passagem de maior destaque foi no Botafogo, onde foi campeão Carioca em 2006 e 2010, além de ter sido eleito o craque do Campeonato Carioca de 2008, quando foi capitão do time botafoguense.

Reinaldo: o experiente atacante, revelado pelo Flamengo e com passagens por São Paulo, Santos, Botafogo e até pelo Paris Saint-Germain, ainda não chegou a estrear na Série B, por ter sentido uma lesão na coxa, um dia antes da partida contra o ABC. A expectativa é que esteja 100% na volta do campeonato.

Palpite de canela

O Paraná é um time “acostumado” a figurar na posição que se encontra atualmente na tabela. Em 2010, terminou a competição em 7º lugar; em 2011, em 13º; em 2012, em 10º. A não ser que Lúcio Flávio e Reinaldo resolvam jogar o que souberam jogar um dia, 2013 deve ser mais um ano para o Paraná lutar até o final, incomodar alguns que lutam mais à frente, e morrer na praia. Ou nem muito perto dela. Aposto em um 8º lugar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

1 comentário

  1. Robert U. Johnson disse:

    No site da FMF, a página 2 do acordo assinado na última reunião do Conselho Arbitral e que garantia o acesso de três equipes foi retirada e no local colocada uma outra página, que não é assinada pelos clubes que participaram da reunião e que garante o acesso apenas do campeão e vece da 2º divisão.

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: