Canelada

Home | « Todos os posts do Portuguesa

Coisas que só acontecem no Canindé

por
1/10/12

Nos últimos dez anos da Portuguesa, o clube esteve sob a gestão de Manuel da Lupa em sete deles. Estamos no oitavo ano de gestão Lupa e, no futebol, o saldo são dois acessos a elite do Brasileirão – um deles com título – e uma promoção – também com título – a Serie A1 do Campeonato Paulista. Em contrapartida o mandatário também tem como histórico um quase rebaixamento a Série C em 2006 depois de ter rebaixado o time no Paulistão no mesmo ano. Uma queda que se repetiria em 2012, tendo antes já sido rebaixada no Brasileirão de 2008.

Motivos para comemorar? O torcedor luso teve poucos. Talvez apenas em 2007 e em 2011. De resto, apenas sofrimentos e humilhações. Os sucessos, como o próprio dirigente afirmou em festa promovida pela CBF ao final do ano passado, se devem ao simples fato de “o nosso pão ter caído com a manteiga virada para cima”. Os fracassos, na maioria das vezes, são atribuídos a falta de torcedores nas arquibancadas. O que, segundo o cartola, faz com que a Lusa não seja um clube rentável.

A torcida lusa, ao longo destes anos de Lupa no poder, já foi tachada de acomodada, preguiçosa, omissa e etc. Para uma torcida que não via o clube levantar qualquer caneco desde 1973, os lusos fizeram bonito na reta final da campanha do título da Série B no ano passado. Mas por que? Porque o time mostrava, em campo, que era capaz de encher seus torcedores de orgulho, não de vergonha. Vergonha, no caso, não do clube, mas dos homens que o representam.

Depois de o clube ter se sagrado campeão após 38 anos de jejum, chamando a atenção de toda a mídia, trazendo sua torcida de volta ao estádio e apelidado de BarceLusa, se esperava uma mudança brusca na forma de gerir o clube. Ou melhor, se esperava que o terceiro mandato Lupa aproveitasse o excelente momento pelo qual o clube passava, principalmente em ações voltadas a torcida, visto que a marca do título da Série B foi a grande presença de crianças nas arquibancadas.

E o que aconteceu? A Lusa fez uma de suas piores campanhas na história do Paulistão – jogando no lixo talvez a melhor chance de tentar conquistar um título, quando todas as expectativas se voltavam a ela, que era tida como uma das favoritas – e foi novamente jogada ao limbo da Série A2. Se a diretoria lusa esperava que a torcida fosse aumentar e encher o Canindé, os homens que gerem o clube precisam repensar suas noções de realidade.

O Brasileirão começou e a projeção era clara: torcer para que a Lusa não fosse rebaixada de forma tão vergonhosa. Na base da pressão “profissionalizaram” o Departamento de Futebol com a contratação de Candinho, que acertou na mosca ao trazer Geninho e meia dúzia de bons jogadores a preços acessíveis. Claro que também houve erros, mas a Portuguesa surpreendeu. Ou melhor, vem surpreendendo.

Como já era de se esperar, a Portuguesa tem uma das piores médias de público do campeonato com cerca de três mil torcedores por jogo. Número que só não é menor pelos clássicos e pelos jogos contra equipes de maior torcida. E o que a diretoria faz para chamar público ao estádio em um momento em que o time precisa de apoio para fugir da degola? Joga o preço lá no alto – R$40,00 – e se coloca entre os clubes com o ingresso mais caro do país.

Iniciativa para incentivar a adesão ao Sócio-Torcedor? Pode até ser, mas não se justifica. Colocar o preço de um ingresso no mesmo patamar da mensalidade do plano é querer ver o estádio vazio. Não são todos os torcedores que comparecem ao Canindé em todos os jogos e isso não vai mudar justamente em um ano em que fomos rebaixados para a A2 e apenas lutaremos para não cair no Brasileirão. E quem vai ao estádio com filhos, netos e esposa? No nosso caso algo recorrente. Afinal, a torcida da Lusa é majoritariamente composta por famílias.

Enfim, com pressão do Conselho Deliberativo a diretoria ainda resolveu deixar crianças até 12 anos entrarem de graça nos jogos. O que, dentro do bom senso, cá entre nós, não passa de uma básica obrigação. Diminuição no valor dos bilhetes? Segundo algumas matérias que saíram na imprensa, o presidente disse que escolherá apenas um jogo para fazê-la e nunca mais fará caso o Canindé não lote. Hilário, caso não fosse trágico.

Na partida contra o vice-líder do campeonato, sendo chamada pela diretoria por meio do site oficial do clube e por e-mails disparados a quem assina a newsletter da equipe, depois de várias críticas do presidente ao fato de o Canindé estar sempre vazio, a torcida apareceu. E o que houve? Os ingressos acabaram. Indignado, o torcedor deve estar perguntando: o quê? Sim, isso mesmo. Uma fila enorme se formou no Canindé na hora da partida e não havia mais ingresso.

Enquanto isso, do lado adversário, o espaço destinado a torcida mineira era ampliado e eles iam tomando conta de um espaço ao qual, por lei, nem direito eles teriam. Do lado luso, famílias inteiras voltando para casa revoltadas. Alguns poucos ainda conseguiram entrar com o jogo já começado. O que pensar de um clube onde a própria diretoria não acredita e não respeita sua torcida? O que pensar de uma torcida que tem como principal rival sua própria diretoria?

É inadmissível que um clube com média de três mil pagantes e que luta para não cair deixe torcedores para fora do estádio. É inconcebível vermos famílias inteiras voltando para casa enquanto temos uma torcida que precisa urgentemente de renovação. É vergonhoso que uma diretoria não acredite em sua própria torcida. É ridículo um clube não conseguir receber mais de cinco mil pessoas em seu estádio, que tem capacidade para mais de vinte mil. É revoltante ver os adversários serem tratados tão bem enquanto os torcedores lusos são desrespeitados, feitos de palhaço.

Infelizmente a Portuguesa tem em seu comando homens completamente incapazes de exercer seus cargos. Pessoas que não têm competência para gerir um clube profissional. Amadores que se preocupam mais com a vaidade própria que com o bem do clube. Uma diretoria desatualizada, de mentalidade tacanha, agindo como se comandassem um clube de várzea. Dirigem, na Série A, de forma que nem na Série B seria admissível. Consideram-se os donos do clube e fazem de tudo para que o Canindé fique vazio. Afinal, sem torcida; sem pressão.

Enquanto a Portuguesa for comandada por pessoas que jogam contra a própria torcida, a Lusa está fadada ao fim. Afinal de contas, a Portuguesa é sua torcida. A Rubro-Verde somos todos nós. A Lusa não é de uma família, muito menos de um punhado de sobrenomes. O clube existe única e exclusivamente porque sua torcida existe. Sem ela tudo perde sentido. E os poucos bravos torcedores que temos estão se afastando do clube. Seja por péssimas campanhas do time, seja por ser tratado como animal pela própria diretoria. Nosso orgulho de ser Lusa está sendo manchado por nossa vergonha de ter a frente do clube homens tão desqualificados.

Por Luiz Nascimento

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

19 comentários

  1. Rodrigo Guilhoto disse:

    Luiz,

    Vc foi preciso em seus comentários e argumentos. Essa diretoria tem como objetivo principal, afastar a torcida do Canindé, só assim para continuar se perpetuando no comando do clube como se fosse um verdadeiro feudo.

    O que mais dói, é que parece que absolutamente NADA pode ser feito, pois nem com o rebaixamento MEDONHO que tivemos no Paulistão, a “oposição” deu o ar de sua graça para tentar algo ou ao menos fazer barulho.

    Temos ainda que aguentar mais um ano e três meses de “gestão” Lupiana.

    Será que realmente NADA pode ser feito para mudar essa situação ???

    Justamente agora que entramos em uma fase decisiva do campeonato e com gente importante brigando pra não cair e que inclusive ja tem contrato com a Globo assinado ?

    [Reply]

  2. Fernando Candia disse:

    Fiquei indignado já quando cheguei ao estádio e vi aquela situação, a qual acreditava ser por falta de organização de guichês, e não por falta de “papel” … Triste e melancólica a nossa situação, que nos obriga a acreditar que nosso mandatário mor, transformou, em seu mandato, a nossa Gigante Portuguesa, em um clube pequeno, e que não cabe dentro dos padrões Globais de um campeonato “profissional”. Triste mais ainda com a certeza que nada será falado, e que , no final, o culpado serão os torcedores, que foram… Sem avisar !!!

    [Reply]

  3. Gilmar disse:

    Parabens faço de suas palavras as minhas, e é uma pena que o Conselho da Portuguesa possa estar com o rabo preso com essa diretoria. Mas acredito eu que eles deveriam acabar com esse orgulho e com esse rabo preso, porque ali o que é mais importante é a Portuguesa.

    [Reply]

  4. HUDSON disse:

    Muito bom texto, parabéns….enquanto tivermos pessoas que brincam de dirigentes para massagear o própio ego, ficaremos sempre torcendo para a “LUSA” não cair e não fazer vexame…FORA DA LUPA!!

    [Reply]

  5. herminio fernandes disse:

    ANALISE PERFEITA….RELATA EXATAMENTE O QUE ACONTECE NO CANINDE….UMA TRAGICOMEDIA…

    [Reply]

  6. AUGUSTO SILVA disse:

    Sou sócio-torcedor, tenho acesso fácil, é o meio mais adequado de frequentar os jogos no Canindé. Estamos todos engajados em levar mais torcedores nesta reta final de campeonato, desta forma as pessoas que estamos acompanhando precisam de ingressos para entrar, portanto mesmo os sócios-torcedores terão dificuldades de acesso porque não vão deixar seus convidados do lado de fora…
    Os dirigentes atuais tem visão limitada e não tem o menor bem senso ao não perceberem as oportunidades que o clube tem para vencer, tanto financeiramente como esportivamente…São dirigentes totalmente despreparados para nossa PORTUGUESA DE DESPORTOS…

    [Reply]

  7. Nilson Duarte disse:

    Parabéns pelo texto! perfeito!!!

    [Reply]

  8. Cássio Abreu disse:

    Luiz, como sempre seus comentarios estão cobertos de razão.
    A nossa diretoria está conseguindo afastar ainda mais o torcedor do estadio e para piorar ainda mais o associado do clube. Clube esse que só não está mais abandonado por causa da Uninove que arrendou o ginasio Raulzão, mas que em troca tem livre acesso a qualquer dependencia do clube.
    Acredito que seja de seu conhecimento e de mais alguns torcedores que recentemente (mais precisamente em agostos) a LEÕES fez uma festa intitulada “Arraiá da Leões 2012” e para que pudessemos acomodar os convidados e artista convidado (no caso Royce do Cavaco) alugamos o salão nobre para a tal festa pelo valor de R$ 1.500,00.
    Para nossa surpresa recebemos um AVISO DE PROTESTO emitido pela Associação Portuguesa de Desportos contra a sua propria torcida por termos atrasado em 2 dias o pagamento do referido acordo, e em nenhum momento alguem da distinta diretoria fez questão de ligar para cobrar e/ou pedir explicações pelo atraso.
    Voltando ao jogo de sabado, estava no Canindé prestigiando a nossa LUSA e como não adquiri o socio torcedor ( e nem vou dar dinheiro para essa diretoria) tive que enfrentar uma fila para comprar o ingresso e para minha surpresa vejo que na bilheteria proxima a entrada das tribunas só tem um guichê aberto e ainda por cima tinha acabado o rolo de papel para impressão dos bilhetes.
    Fiquei um ano sem frequentar o estadio e o clube por causa de desavenças com essa diretoria, porem em conversa com um dos poucos diretores que se salvam lá ele pediu para que eu voltasse a frequentar o estadio e o clube, porem estive repensando minha decisão de não ir mais no estadio enquanto esse presidente e sua familia estiverem no comando, mas ao mesmo tempo penso que estaria entregando o ouro para o bandido e meu amor e minha paixão pela LUSA falaram mais alto e depois destas demonstrações de incompetencia, imbecilidade e falta de amor para com meu clube estarei indo a todos os jogos que puder para protestar e estarei reativando meu titulo para poder cobrar ainda mais esses incompetentes.
    Desculpe meu longo desabafo, mas doeu ver familias indo embora sem assistir ao jogo.
    Abraços

    [Reply]

  9. j alex atibaia disse:

    Não é possível que não exista em nossa torcida, um Lider honesto, (no futebol nem tanto) competente e que queira unir e comandar todas as forças Lusas.
    Esse cidadão que ocupa a cadeira já a tempo demais devia ter coragem uma vez e sair de cena, ele só faz bobagem, nos entristece e nos envergonha.

    [Reply]

  10. Ferdinado Farias disse:

    Só uma frase diz tudo: Manuel da Lupa é um grande filho de uma puta……

    [Reply]

  11. José Higino Gomes disse:

    Além de toda essa lambança que esses “pouca prática” provocam, não tem a hombridade de vir a público pedir desculpas aos torcedores; simplesmente de “fazem de mortos”, como sempre …

    [Reply]

  12. eduardo disse:

    lUIZ pARABENS PELO TEXTO E SEGUE MINHA OPINIAO obrigado torcida , jogadores e comissão técnica , agora diretoria Lamentável a falta de planejamento em não acreditar no potencial de sua torcida será que vcs querem o torcedor bem longe do Canindé!!!!!!!!!! minha revolta a este bando de carregadores de canetas atrás da orelha para fazer contas de cabeça ……. só  mesmo a torcida merece todo o meu respeito

    [Reply]

  13. MANUEL G.RIBEIRO disse:

    Parabens Luiz, disse quase tudo, obrigado é isso mesmo , é vergonhoso ter um Presidente que adota essa postura, ele demonstra raíva e ódio do torcedor LUSO, ele náo pode continuar a fazer o quer ele bem entende, politicamente está isolado, está denegrindo a imagem do clube e da torcida, só pode ser doente, entáo que vá se tratar e deixe o clube ser dirigido por quem o ame, ele fará um grande bem puxando o carro e ir cuidar da sua imobiliária deixando em paz esta comunidade que está sendo humilhada por esse Chaves do canindé. O leóes praticamente está extinta, ele vai conseguir acabar com a torcida e depois com o clube. Do jeito que vai será irreversível ele está fazendo todo mundo de peteca. Vamos ver o que vai dar. Mas, que está feio tá. Eu mesmo levei 11 pessoas no jogo de sábado. Meu Deus que sufoco, para entrar no estacionamento já é dificil e , ainda se paga 20,00, eles botam uns caras que nem troco sabem fazer, sou sócio torcedor, tenho 4, mas e os outros. Peguei aquela fila kilométrica, que náo anda, um guichè só, é humilhante. O pessoal vai uma vez, depois náo vai mais. alguma coisa precisa ser feita. Grande abraço Luiz.

    [Reply]

  14. Rogerio Antônio disse:

    Parabéns Luiz! O texto só confirma a total incompetência desse senhor Da Lupa. Infelizmente a sua péssima gestão apequenou a nossa Portuguesa. Inúmeras falhas, vários rebaixamentos e agora mais um desrespeito ao torcedor(e aos cofres do clube também). As vezes penso que é de propósito: ninguém pode ser tão burro assim!

    [Reply]

  15. João Carlos disse:

    É o primeiro caso na indústria óptica MUNDIAL de uma lupa míope.

    Tinha que ser na minha PORTUGUESA DE DESPORTOS.

    [Reply]

  16. Josuel Mendes disse:

    Brilhante matéria Luiz Nascimento ! Você Descreveu perfeitamente o que aconteceu sábado no Canindé, um Descaso total com os Apaixonados Torcedores da Portuguesa. por enquanto ninguém da Direção da Lusa se pronunciou Para Se Retratar Com os torcedores. A Torcida do Galo Parecia Estar Em Mesmo Número Que Os Torcedores da Lusa, Pois Muitos de Nossos torcedores não Conseguiram comprar Ingresso. ABSURDO!!!!

    [Reply]

  17. Marcos MFM disse:

    Caro Luiz Nascimento,
    Concordo com vc em número,gênero e grau.Com uma ameba dessas no comando vamos esperar o que?
    Um presidente que não sabe nem dar entrevistas é brincadeira.É humilhante se deparar com tais situações.
    Agora R$ 40,00 o ingresso,R$ 20,00 de estacionamento e ainda falta ingresso?Isso é um absurdo,um desrespeito com nossa torcida que ama a LUSA.Diretoria de COVARDES E INCOMPETENTES ALÉM DE GATUNOS.
    Pobre Associação Portuguesa de Desportos.Pobres de nós torcedores sofridos.Abraços a todos.

    [Reply]

  18. paulo morais disse:

    Que fique bem claro: estes senhores feudais querem lucrar com o terreno da nossa Lusa e repassar para o banco BANIF, parece uma besteira, mas pensem: sem socios do clube pagando a mensalidade, e assim sem votarem nas eleiçoes, o socio-torcedor a principio é muito bom mas nao vota, com a Lusa na serie B, e com poucos torcedores nas arquibancadas. Nao fica facil argumentar que para continuar com o futebol a diretoria precisara se desfazer do patrimonio?? Como eu torço para estar enganado e estar pensando uma grande besteira…

    [Reply]

  19. Carlos Coelho disse:

    Luiz , pensei que a ”PORTUGUESA” jogava sempre contra doze , agora depois deste texto brilhante , joga contra treze .

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: