Canelada

Home | « Todos os posts do Santos

Como será o Santos de Adilson?

por
9/01/11

Escrever sobre o meu Santos e sobre táticas são dois prazeres que só o Canelada pode me oferecer. Esse post foi um dos mais prazerosos que já escrevi.

Nosso novo técnico parece gostar bastante de táticas também. Dizem por ai que gosta de inventar. Colocar lateral como atacante, zagueiro como volante. Não vejo isso como ponto negativo.

O que sempre costumo dizer é que saber montar o time com as peças que tem é o fator fundamental que diferencia um técnico excelente de um mediano.

Sendo um bom técnico você consegue enxergar algumas habilidades em determinados jogadores que possam torná-los uteis em outras posições.

O Santos possui alguns jogadores que são versáteis e que podem fazer mais de uma função na partida. Arouca, Elano, Danilo, Alex Sandro e Maikon Leite são alguns deles. Cito esses pelo que vi nos jogos do ano passado. Mas pode haver mais.

Brincando aqui, mas sem fugir muito das características de cada jogador e da característica atacante que o Santos naturalmente possui, criei algumas táticas que acredito que possam ser usadas esse ano.

Usei o que temos hoje. Sinto ainda a falta de um atacante finalizador lá na frente e de um zagueiro com mais vontade lá atrás. Mas enquanto eles não chegam e se o Adilson Batista não quiser inventar muito:

Temos aqui o 4-3-3 do ano passado. Elano fazendo as vezes de Wesley e Keirrison e Maikon Leite fazendo as vezes de André e Robinho. Adicionei ainda Alex Sandro na lateral pela sua capacidade ofensiva.

O Elano dá uma qualidade técnica ofensiva maior do que o Wesley dava, mas em compensação ainda não sei se tem o mesmo pulmão de antigamente para correr o campo todo. Se tiver, garanto que o meio campo do Santos será o melhor do Brasil.

Fato é que Maikon Leite tem as mesmas características ofensivas de Robinho (com menos qualidade é claro). Ele volta até o meio campo para vir com a bola dominada e abre espaço para a infiltração de um meia – mais fácil o Elano – tanto pelo flanco quanto fazendoa diagonal em direção ao gol.

Serão quatro ou mais jogadores em posição para receber bola de frente para o gol. Alie isso a capacidade de Elano e Ganso de deixarem seus companheiros em boa posição.

Caso o Adilson Batista decida por uma tática mais clássica e conservadora:

Um 4-4-2. Maikon Leite sai e dá lugar a Charles. Com isso temos a clássica dupla de volantes. Charles mais preso na marcação liberando um pouco Auroca. Elano fica mais livre sem muita obrigação de marcar – assim como Ganso – e na frente Neymar cai para os lados enquanto Keirrison ronda da entrada da grande área para dentro.

Léo, ao invés de Alex Sandro, seria a minha escolha por ter uma melhor marcação. Dependeríamos exclusivamente dos meias e as passagens dos laterais para a criação e contar com uma boa movimentação da dupla de atacantes para encontrar espaços na zaga adversária. Ganharíamos maior força defensiva, principalmente no meio campo, mas perderíamos alguns fatores surpresa no ataque.

Se o nosso comandante resolver ousar gostaria que ele fizesse isso:

Para jogos de Libertadores fora de casa onde o empate, principalmente sem gols – são resultados excelentes, nada melhor que povoar o meio campo e a zaga.

Clássico 3-5-2 ofensivo. Bruno Rodrigo entraria na zaga deixando Edu Dracena ou Durval como homem da sobra. Os dois laterais como alas fechando o meio junto com Arouca e Elano – esse mais a frente marcando no meio – e Ganso como um meia atacante ofensivo perto da área.

Caso o time precise de muito mais marcação, Elano dá lugar a um volante nato (Charles, Possebon, Rodriguino ou Adriano) e Ganso é recuado para a posição de meia.

Eu gostei dessa tática apesar de perder um pouco da chegada a frente de Elano. Penso que ela seria ótima para jogos fora de casa com desfalques importantes como Elano, Jonathan ou Ganso.

Mas claro que isso são teorias minhas. Na pratica podem chegar reforços ou nos treinamentos Adilson perceber que o time se encaixa melhor em outras variações.

Seja qual for, estamos e estaremos sempre com você Santos Futebol Clube.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

6 comentários

  1. Tiago Buckowsky disse:

    Belo Post, Anderson ! Gostei do primeiro esquema, mas no lugar de Maikon Leite, gostaria de ver o Alan Patrick. E na dúvida se Elano ainda tem pulmão para fazer a função que Wesley fazia, fique tranquilo. Até se machucar, o cara era o melhor do Brasil na Copa ! E quer voltar à seleção ! Pra cima deles, Peixão !!!!

    [Reply]

    Anderson "Mené" Vieira Reply:

    Deus te ouça sobre o Elano. Se acontecer isso vai ser tão bonito quanto o ano passado. O Alan Patrick ainda me deixa confortável. Mas seria uma boa testá-lo por ali sendo um cara que chegue de trás e também esteja perto do gol para tentar uma jogada de linha de fundo ou uma finalização. Apesar de não ter a mesma velocidade do Maikon Leite, poderia melhorar o passe.

    [Reply]

  2. Fernando Cury "Pandão" disse:

    cara!!! Achei muito foda o 4-3-3. Santista gosta do time enlouquecido e pra cima! Gostei mesmo.

    E de fato, temos muitas opções… Belo post, Anderson!

    Abs.

    [Reply]

    Anderson "Mené" Vieira Reply:

    Não é nem pelo fato de gostarmos (tá bom, gostamos e muito) mas sim porque vimos que quase nenhum time está preparado para segurar tanto ataque. Não estão acostumados a isso aqui no Brasil.

    [Reply]

  3. Daniel disse:

    Um 4-4-2. Zag Durval e Edu Dracena. Ld Jonathan Le Alex Sandro. vl Charles vl Arouca. Mc Elano Mc P H Ganso. At Neymar At Ze Erduado si o K9 não joga igual o ano de 2010

    [Reply]

    Anderson Vieira Reply:

    @Daniel, Isso ai é uma boa tb.

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: