Canelada

Home | « Todos os posts do Santos

Ituano 0 x 0 SANTOS – Santos empata em Itu e acende o sinal amarelo

por
22/02/17

E aí Dori-Van-Gaal, esse gol sai ou não sai?

E aí Dori-Van-Gaal, esse gol sai ou não sai?

Ituano 0 x 0 SANTOS

Salve, nação santista!

Meu nome é Danilo Hatori, e estou chegando ao Canelada para falar sobre o Maior do Mundo!

Todavia, contudo, entretanto… Que momento passamos, não, nação alvinegra?

Ontem, mais um jogo terrivelmente sonolento deste grupo de jogadores que se autodenomina “time de futebol”. Em Itu, o Peixe enfrentou o Ituano, carregando nos ombros o peso de duas derrotas seguidas na Vila Belmiro, para SP e Ferroviária. E saiu de campo levando, além do que já trazia, apenas um ponto e mais 90 minutos de futebol ruim e sem gols – e olhe que já são 260 minutos mais acréscimos sem conseguir balançar a rede.

Caso aguentem sem dormir, vejam estes pouco mais de 2 minutos dos chamados “MELHORES MOMENTOS” (com aspas gigantescas aqui):

Ok, vamos tentar olhar pelo lado positivo: o time, de fato, está muito desfalcado. Do time que começou a partida ontem, 6 jogadores são reservas: Vladimir, L. Veríssimo, Yuri, L. Donizete, L. Citadini, e Kayke.

Em um time que priorizou a manutenção do elenco para continuar entrosado, me parece razoável pensar que a perda de seis titulares representa uma queda considerável no entendimento entre os jogadores.

Some-se isso ao fato do Dori-Van-Gaal estar tentando implantar um estilo de jogo diferente, e tá dada a fórmula para o desentrosamento generalizado.

De minha parte, até defendo a ideia do Dorivalzão. Afinal, o Santos precisa tentar esquemas diferentes, uma vez que o time não conta com talentos exuberantes em campo. E, se é pra testar, que seja no Paulistão, que, vá lá, não é nenhum desastre perder. Na teoria, a ideia tem o seu valor.

Vamos então ao que efetivamente está acontecendo.

Quando eu jogo sinuca com meu pai, volta e meia um dos dois erra uma bola meio fácil, por não estar tão focado, e meu pai simplesmente diz: “Displicência”.

Pois é essa a sensação que tive ontem: total displicência por parte dos jogadores de linha do Santos – salvo aqui o goleiro Vladimir, que salvou o time em um chute dos caras. Displicência do Vítor Bueno no rebote do goleiro, displicência do Thiago Ribeiro ao tentar finalizar o cruzamento, e displicência do time como um todo na busca pelo resultado.

O time parecia estar só cumprindo tabela, parecia achar que o gol era apenas algo irrelevante, se acontecesse muito que bem, se não tanto fazia. E isso me incomoda! Pô, o time perde em casa pros tricoloridos, perde de novo pra Ferroviária (inadmissível!) e entra em campo desse jeito?

Falta de respeito com os torcedores e com o próprio salário que recebem!

Vladimir salvou nosso ponto!

Vladimir salvou nosso ponto!

E aí eu já fico com aquele receio do meu chefe estar certo e ter mais coisa do que os gramados mostram. E o pior é que eu tendo a concordar que, ainda que o Dorival seja um bom treinador – e eu acho que é -, nada na história dele indica que ele consiga manter um elenco nas mãos, como, por exemplo, o Tite faz com maestria.

E aí, ao invés de colocar o Jean Mota no meio, que é o dono da posição, muda o Vitor Bueno de lugar, enche de atacantes e não dá estrutura pro time em campo. E aí parece que ele não coloca quem deveria estar em campo porque não controla o elenco. Se o treinador não controla o elenco, e os jogadores mandam mais que a comissão técnica, a tendência é fazer corpo mole. E aí, normalmente, é mais fácil mandar o treinador embora que reformular todo o elenco. E aí adeus planejamento…

De qualquer forma, é bem verdade que este mesmo time do Ituano, em casa, venceu a porcada, que tem um elenco ultrabilionário e a porra toda. E nós empatamos lá com um remendo de time que carece de meio de campo e não tem um substituto à altura do Ricardo Oliveira.

Então, nem tão ao céu, nem tão ao inferno. Ainda tem jogador pra voltar e tempo pra se preparar pro que importa, que é a Libertadores. Mas o sinal de alerta está piscando na nossa querida Vila.

Sábado voltamos ao Alçapão contra o Botinha. Vamos ver o que sai disso aí.

Que seja algo melhor, pelamordedeus!

Até a próxima, nação!

VAI PRA CIMA DELES SANTOS!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Gostou? Não? Comenta aí: