Canelada

Home | « Todos os posts do Santos

sccp 1×0 SANTOS – Preocupações para a Libertadores

por
5/03/17

Cléber não marcou as costas, Santos perde o clássico, e enchem a cabeça do torcedor de preocupações para a Libertadores

Preocupações para a Libertadores

Saudações alvinegras, santistas caneludos.

Mais um jogo, mais um clássico, e mais uma derrota do nosso Peixe. Que maneira terrível de começar a semana da Libertadores, a única competição que realmente nos importa este ano.

E não apenas isso, mas jogando mal. Malemal jogamos duas bolas na direção do gol, e eu não lembro de ter visto o goleiro do time da Marginal fazer uma única defesa digna de nota…

“Claro, jogamos com o time todo desfalcado”, você irá me falar. “E você mesmo disse que isso afeta todo o entrosamento do time”, irá prosseguir. E eu irei concordar e dizer que, sim, tivemos desfalques, e desfalques importantes. Lucas Lima continua fora, Ricardo Oliveira não se recuperou e nem mesmo Renato, que estava no banco, apresentou condições satisfatórias de jogo. Tudo verdade, mas nada que justifique a atuação pífia de hoje.

Digo isso porque o time de lá não é bom. Ao menos, nada que eu tenha visto me mostrou isso. Jô, Arana, Fagner, nenhum desses é um grande jogador. Mas o time dos caras jogou com vontade. Coisa que parece estar escassa pros lados da Vila Sagrada.

Claro, há que se considerar o pouco material humano. Sem Lucas Lima, Dorival meteu Vítor Bueno de novo na meiúca. Como na partida anterior, não funcionou, o que me indica muito nitidamente que o menino não sabe jogar nessa função. Sim, eu sei que ele era meia de origem, mas o que eu posso fazer se ele joga muito melhor como ponta? Só que as opções são Longuine e o recuperado Jean Mota, e, ainda que eu tenda a achar que talvez o Jean Mota pudesse fazer um trabalho melhor, até faz sentido acreditar mais no Vítor Bueno – ainda que ele não saiba jogar nessa posição.

Também tivemos Bruno Henrique e Kayke como titulares no ataque, o que se mostrou uma grande decepção. Nenhum dos dois fez nada de efetivo, com Kayke absolutamente sumido e Bruno Henrique sem acertar uma jogada.

Falando nisso, a verdade é que o Santos, com ou sem desfalques, não vem acertando jogadas. Copete cai pela esquerda, mas não acerta cruzamento. Bruno Henrique cai pela direita, e não sai nada. Victor Ferraz sobe, e apanha da bola. Até o Thiago Maia tentou subir, também sem sucesso.

Vladimir salvou o Peixe de um resultado muito pior

E aí todo mundo sobe e acontecem falhas de marcação. Como no gol deles: cruzamento dos caras, bem básico, Cleber marcando Jô, e só fica olhando a bola. Jô sobe sozinho, bola na rede. Tá, Cléber errou – e demonstra estar sem ritmo de jogo – mas algum lateral poderia estar cobrindo também, afinal, era a bola na área do Peixe! Marcar o centroavante é princípio básico, e o Santos está falhando nesse tipo de coisa. Se não fosse o Vladimir salvar o nosso time, era mais um vexame. Aliás, ainda que me dê um certo medinho elogiar o Vladzão, a verdade é o hómi tá jogando muito – ainda bem!

Enfim, com todas essas situações, fica difícil ser confiante para o jogo de quinta-feira contra o Sporting Cristal. Ainda que os titulares voltem, o time não demonstra nem a vontade, nem a vibração, nem a técnica que uma competição do nível da Libertadores demanda. Dorival vai ter que fazer algum milagre nessa semana pra transformar essa bagunça num time.

E, aí, bom… Ainda que eu não esteja muito crente, só nos resta torcer, e muito, por este milagre.

Que o bom futebol retorne quinta ao Maior do Mundo!

VAI PRA CIMA DELES SANTOS!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Gostou? Não? Comenta aí: