Canelada

Home | « Todos os posts do Santos

#VoltaAlex

por
1/07/16

O Canhão da Vila pode se tornar o próximo reforço do alvinegro praiano. Sem contrato com nenhum clube, já que no último dia 30 se encerrou seu vínculo com o Milan da Itália, Alex faz reforço muscular no CEPRAF e negocia o seu retorno ao clube que o revelou para o mundo do futebol.

Da safra de 2002, retornaram ao Santos, Robinho, Elano, Léo, Renato e Fábio Costa. Todos eles viveram glórias em seus respectivos retornos. Vamos relembrá-las:

Robinho, o Primeiro Retorno – Ainda no início de 2010, vindo por empréstimo de seis meses junto ao Manchester City, naquele time mágico do Peixe, que ainda contou com Pará, Rodrigo Mancha, Brum, Rodriguinho, Marquinhos e o incrível Zé Love, Robinho foi a cereja do bolo. Há quem diga que naquele time “Até a minha avó” jogaria bem, pudera, com todos esses craques dando suporte, até o “modinha” e “jogador de mídia” do Neymar, brilhou. Sem contar o Ganso, que teve que jogar acordado durante as partidas para não perder a vaga de titular, tamanha a concorrência dentro daquele elenco. Robinho levou o Peixe a conquistar o estadual e a inédita Copa do Brasil, naquele ano. #PedalaRobinho.

Robinho, o Segundo Retorno – O menino das canelas finas que humilhou os itaqueras em todas as partidas que disputou contra eles, reestreou no Peixe diante dos mesmos em 2014, quando voltou ao Santos, vindo emprestado do Milan por um ano. O ídolo que jamais havia perdido para o rival itaquerense em sua carreira, caiu em plena Vila Belmiro quando perdemos por 0x1 pelo campeonato Brasileiro daquele ano. Talvez tenha sido um presságio de que esta seria sua passagem mais apagada pela Vila Belmiro. Robinho e o Santos patinaram no Brasileirão daquele ano, e em 2015 conquistaram apenas o Paulistão. #PoderiaTerFicado,Robinho.

Léo, O Guerreiro da Vila – Impossível resumir toda a sua história no Alvinegro em apenas um paragrafo. Brasileirão de 02 e 04, Copa do Brasil de 10, Paulistões de 10, 11 e 12, Recopa Sul-Americana de 12 e o maior título que este que vos escreve já pode comemorar, A Libertadores de 2011! Os títulos falam por si, e no caso do Léo, que tive o prazer de conhecer pessoalmente, sua segunda passagem foi melhor do que a primeira. Pra vocês verem o tamanho da importância e do currículo que O Guerreiro tem na história peixeira. Ele é o Jogador com mais títulos pelo clube depois da “era Pelé”. Ponto. #LéoMito.

Elano, O Curinga da Vila – O Sr. Blumer também tem um duplo histórico de retornos. Mas vou fazer tudo em um texto só. Acertou seu primeiro no fim de 2010, para a temporada de 2011. Foi artilheiro do Paulistão naquele ano, com a base da equipe que encantou o mundo em 10. Sim, amigos, o craque Zé Love estava presente naquele time e, junto com o Elano, levou o Peixe a conquistar o Bi do Paulistão e o TRI da Libertadores! Futebol é lindo demais! Saiu do Peixe no meio de 12 e retornou depois de passagens fracassadas por Grêmio, Frameango e algum time da China em janeiro de 15. Conquistou o atual Bi do Paulistão, porém, tem atuado muito pouco. #ParaElano.

Fábio Costa – Este poderia ter tido a história mais bonita pelo Santos, não fosse o seu comportamento intempestivo e as inúmeras polêmicas em que se envolveu. Saiu do Peixe para o maior rival, voltou ao Peixe ainda com status de ídolo e conduziu como líder e por vezes capitão o peixe ao bi do Paulistão em 06 e 07. Esteve envergando o manto de número 1 até meados de 2009, quando fraturou o pé em uma daquelas saídas assassinas do gol que ele dava. Após esta contusão, nunca mais foi o mesmo. Foi emprestado por duas vezes, para o Atlético-MG e São Caetano, respectivamente, antes de encerrar melancolicamente a sua carreira, em 13, pelo Santos, sem atuar. Fosse mais calmo e menos polêmico, jamais teria saído do Peixe, poderia ter sido um dos mais vitoriosos jogadores da nossa história. Poderia ter sido ídolo, foi apenas um grande goleiro.

Renato, O Renatinho – Retornou ao Santos em 2014, depois de passagem pelo Botafogo carioca que abriu as portas para o jogador voltar ao Brasil. Pelo Peixe, Renatinho conquistou o Brazileirão de 02 – sem tomar sequer um cartão amarelo – e esteve na campanha do Brzão de 04. Em sua segunda passagem, mesmo contestado pela idade avançada, Renato levantou os canecos do paulistão de 15 e 16, atuando em um ótimo nível. Titular absoluto na meiúca peixista, Renato ainda tem contrato e deve jogar por mais uma ou duas temporadas.

Se houve mais algum retorno dos campeões de 2002, não me lembro, porém, com toda certeza estes foram os mais emblemáticos. Todos conquistaram títulos em seus respectivos regressos e, para os supersticiosos, o retorno de Alex pode ser o anúncio de uma nova fase campeã.

É claro que superstição não ganha campeonato, apesar de todas as evidências supracitadas, porém, a contratação da Torre poderá ser uma ótima opção para a zaga santista que convive com uma sequência de desfalques e alterações na maioria das partidas. A presença de Alex por si só já trará confiança para a torcida que contesta o setor defensivo – e tem parte de razão nisso – além de poder exercer uma presença exemplar para os jovens zagueiros do elenco. Minha zaga seria Alex e Gustavo, qual seria a sua?

Com bom porte físico, boa estatura, posicionamento, cabeceio e chute de longa distância, Alex não é daqueles zagueiros “xerifões” e truculentos. Ele tem qualidade de passe e se posiciona como poucos. Além do faro de Gol. Alex é zagueiro artilheiro, por anos foi o maior do Santos, sendo ultrapassado pelo Edu Dracena. Sou completamente a favor de sua contratação para fechar o elenco rumo ao título do Campeonato Brasileiro de 2016.

É o retorno que faltava para este caneco voltar à Vila.

 

Que a bola siga sempre rolando.

 

Saudações Alvinegras.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

2 comentários

  1. Alexandro Meiato Veratti disse:

    Alex e Gustavo, sim. Vamos torcer por ele, apesar da idade avançada. Se tiver bem fisicamente será um bom reforço na zaga.

    [Reply]

    Fábio Toledo Reply:

    @Alexandro Meiato Veratti, Com certeza, Alexandro. E pelo que temos lido na imprensa, creio que ele esteja bem fisicamente sim. Vamos torcer.

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: