Canelada

Home | « Todos os posts do Sport

Sport virou a cachorra de peruca

por
30/04/17

Sport virou a cachorra de peruca quando viu Pitbull tripudiar o escudo do clube

Derrota e Respeito

Perder faz parte do futebol; para um rival é parte do ritual histórico de um clássico. Ouvir brincadeiras pela derrota, idem! Da mesma forma, jogadores se provocam para apimentar o jogo e tudo isso é válido. O que não dá para aceitar de forma alguma é a falta de respeito e o que o Pitbull fez ontem foi tripudiar, e muito, do Sport Club do Recife. O Sport deixou de ser Leão para ser a Cachorra de Peruca.

Pitbull

O jogador do Santa cumpriu (ou acha que cumpriu) o seu papel como centroavante do rival, mas respeito sempre há de existir; respeito esse que os hipócritas dos atletas profissionais sempre falam. Respeito esse que é um discurso para inglês ver. Mas o problema maior  não foi a falta de respeito do tricolor, mas, principalmente, a passividade com que o time do Sport aceitou isso.

Diego Souza

O Senhor Diego Souza, que adora reclamar de juiz e falar que “87 é do Sport”, calou-se. Aliás, pode-se dizer que ontem ele, mais uma vez não entrou em campo. Para o denominado embaixador de 87 é necessário muito mais que jogar confete para torcida e fazer gol de bicicleta, tem que ser decisivo dentro de campo nas decisões e ser o líder moral quando se é necessário. Ele tem que mostrar mais do que falar e reclamar com o juiz sobre faltinhas.

Sport virou a cachora de peruca quando deixou pisarem no símbolo máximo do clube! (Foto: Blog Cássio Zirpoli)

Sport virou a cachora de peruca quando deixou pisarem no símbolo máximo do clube! (Foto: Blog Cássio Zirpoli)

Ney Franco

Ney Franco matou o time de novo. Mexeu errado, trocou Fabrício de posição e acabou com o futebol do melhor jogador do nosso meio. Vem insistindo com André, que  vem sendo menos útil que Vinicius Araújo, e precisa entender que o principal meio de vida dele é dentro das quatro linhas e não fora. Se Ney deu uma cara tática ao time, vem errando no resto todo e não consegue fazer o time jogar bem como deveria. Não precisa nem comentar sobre Matheus Ferraz.

Cobrança

A cobrança deve ser para todos aqueles que fazem o Sport. Não se pode admitir ver alguém desrespeitar desta forma o símbolo máximo do clube. A falta de comprometimento dos jogadores dentro de campo já é insulto suficiente para a torcida, mas não mostrar o mínimo de indignação com a atitude de Pitbull é inaceitável.

Diretoria

A diretoria precisa entender que o Sport não é o Manchester City (que não passa de um time de videogame) e chamar os jogadores para a responsabilidade que lhe é cabida. Esse papo de profissionalismo que a turma de Arnaldo tenta implantar não funciona com malandros e isso o elenco do Sport tem de sobra.

Redenção

A única forma de redimir isso é conseguir a classificação no Arruda de forma incontestável, na bola, com a raça que o time ainda não demonstrou ainda este ano. A arrogância, principal característica da equipe, é um pecado que vem matando o time e precisa ser enterrada até quarta-feira, junto com a presunção e a preguiça. O respeito deve ser conquistado dentro de campo, jamais com violência.

Desistir Jamais!

PELO SPORT TUDO!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Gostou? Não? Comenta aí: