Canelada

Home | « Todos os posts do Sport

Nunca duvide do Sport

por
3/04/17

Nunca duvide do Sport, principalmente quando se achar que ele está morto

Não foi a primeira, mas não será a última vez que o Sport irá reverter um placar de três gols contrários. O Campinense, a raposa sem as uvas, se junta a Náutico e Corinthians e sentiu a verdadeira força do Sport Club do Recife dentro da Ilha do Retiro.

começo

O Leão começou fulminante e logo com 17 minutos de jogo Rogério e Diego Souza já tinham dilacerado a vantagem do time paraibano. Com dois belos gols e o controle da partida, o rubro-negro diminuiu o ritmo e passou a controlar as ações da partida.

Destaques

Diego Souza, ao contrário de quinta-feira, mostrou do que é realmente capaz e, ligado em 220 volts, foi um dos maestros da equipe, ao lado de Rithely e de Magrão. O camisa 87 não apenas fez dois belos gols, sendo um deles de bicicleta, orientou, pediu jogo, chamou a responsabilidade e assumiu o seu papel de protagonista.

Rithely fez a sua melhor partida em muito tempo e ontem foi, sem dúvidas, a mais fundamental figura no equilíbrio do meio campo, apesar de Rodrigo se mostrar, mais uma vez, muito abaixo para ser titular da equipe. Aliás, a falha dele resultou no gol do Campinense o que poderia ter custado a classificação.

Nunca duvide do Sport. Diego fez dois gols e foi o maestro do time (Foto: Diário de Goiás)

Nunca duvide do Sport. Diego fez dois gols e foi o maestro do time (Foto: Diário de Goiás)

Decepção

Ao lado do camisa 5 está Samuel Xavier, que fez mais uma partida ruim, errando passes simples, não conseguindo dar continuidade em jogadas e o lado direito funcionou mais ofensivamente quando ele não estava envolvido.

André foi decepcionante e passou mais tempo tentando simular faltas e pênaltis do que efetivamente ajudando a equipe. Tem uma qualidade indiscutível e é um matador, mas precisa entrar neste novo espírito que o Sport mostrou ontem, senão pode terminar no banco.

Garotos

Fabrício entrou na vaga de Everton Felipe, que entrou mal no segundo tempo, e deu conta do recado sendo um jogador equilibrado e voluntarioso. Só de entrar em uma decisão, logo de cara, e fazer o bom jogo que fez, mostra que o garoto pode ter muito futuro. Evandro teve mais dificuldades, todavia foi muito melhor que Mansur e não comprometeu a ala esquerda.

Reservas e classificação

Lenis e Raul Prata entraram bem e comprovam que são boas peças de reposição, apesar de o colombiano ter custado uma pequena fortuna e deveria ser mais que isso. Depois, nos pênaltis, brilhou a estrela de Magrão e surpreendeu a frieza de Fabrício nos pênaltis. Leão classificado!

Ney

Ficou claro que o dedo de Ney Franco já deu uma nova cara ao time, que está mais compactado, com as linhas mais próximas e uma composição mais organizada. O time, enfim, começa a ter cara de uma equipe treinada e onde se pode perceber espaço para evolução.

NUNCA DUVIDEM DO SPORT!

PELO SPORT TUDO!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Gostou? Não? Comenta aí: