Canelada

Home | « Todos os posts do Vasco

Análise tática – Grêmio 2×0 Vasco

por
13/07/15

É desesperador. O Vasco só piora rodada a rodada. O time perdeu toda organização e compactação do início do ano. Um time que teve em sua defesa o pilar da campanha do titulo estadual, hoje, com os mesmos jogadores, é sua principal fraqueza.

A cultura do futebol brasileiro de analisar resultados, prejudica muito o time. Doriva teve uma grande sequência de resultados ruins, mas existia um trabalho, precisava de ajustes, mas existia um trabalho. Hoje não há. E não é culpa exclusiva do treinador, e sim dos conceitos que jogam um trabalho em construção fora, para iniciar outro.

E quando falamos de defesa, não estamos falando de jogadores específicos, e sim do sistema defensivo. Os espaços são generosos, o comportamento, indefinido. Quando há presença, não há um posicionamento eficiente.

No frame abaixo podemos ver a presença de seis vascaínos no lance contra três gremistas. Riascos cobre Mádson e sem senso nenhum de marcação é facilmente batido por Luan. Cristiano acompanha Giuliano pelo lado errado. O jogador finaliza para fora de dentro da pequena área vascaína.

No próximo frame vamos ver uma coisa que nunca pode acontecer. A defesa desconecta e com jogadores atrasados na transição defensiva, causada pelos erros de posicionamento.

E foram inúmeras vezes que o Vasco defendeu sem sobra. No frame abaixo, mais um flagrante da defesa sem sobra. O Vasco não tomou um gol no primeiro tempo por milagre.

No intervalo, Celso Roth corrigiu a compactação da equipe, já dava pra notar as duas linhas do Vasco mais próxima, porém não foi o bastante. Basculações são os movimentos das linhas em bloqueio ao lado atacado. E o Vasco bloqueou o meio e facilitou a penetração de Galhardo pelo lado direito. Charles e Salles fizeram o restante do serviço no primeiro gol gaúcho. Retrato de uma desorganização. Observe.

Na imagem ampliada, nós temos exemplos dos conceitos modernos usados por Roger Machado para mudar a cara do time do Grêmio. Amplitude oferecida pelos laterais e movimentação entrelinhas. Repare que o Grêmio ataca protegido. Em pouco tempo, o Grêmio não apresenta nenhum resquício do time de Felipão. É disso que o Vasco precisa.

No próximo frame, o do segundo gol do Grêmio, o maior problema do Vasco. Iniciar e fazer a proposição do jogo tem sido impossível por uma razão: a dupla de volantes. Julio dos Santos era quem apoiava o time na saída de bola, movimentação estudada e muitas vezes bloqueada pelos adversários. Sem Julio, Guiñazu e Serginho não tem qualidade para participar da saída de bola do time, e eles sabem disso. Na maioria das vezes nem se apresentam. E quando são solicitados, acontece isso que vimos, bola perdida, gol do adversário. Segundo jogo seguido.

Esse time precisa ser arrumado, precisa de treinamento. Deveria trabalhar com a semana cheia, deixando o jogo de quarta contra o América-RN  para os reservas. Celso Roth deveria aproveitar a semana para arrumar essa bagunça. Caso ele seja capaz. Eu acho que não.

Ainda faltam 36 pontos

SV.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Gostou? Não? Comenta aí: