Canelada

Home | « Todos os posts do Vasco

O GIGANTE VOLTOU, PONTO!

por
5/05/15

“ Dizem que a derrota ensina. Hoje não aprendi nada.”

É com a frase de Paulo Coelho em seu twitter q eu abro a coluna comemorativa do Campeão Estadual de 2015. Alegria que não cabe dentro de nós.

O GIGANTE VOLTOU, PONTO!

O orgulho voltou. A alegria voltou. O campeão voltou. O meu Vasco voltou. A torcida voltou. O Eurico voltou. E o respeito, esse nuca deixou de existir. Pois somente o nome Clube de Regatas Vasco da Gama exige respeito. Mas o dirigente Eurico Miranda também merece respeito, se tornou um capitulo a parte do Futebol Carioca. Apesar de métodos ultrapassados e a pouca transparência, ignorar seus méritos nessa conquista não seria justo. E a estrela do dirigente também brilhou.

Início do ano, a diretoria do Vasco escolhe Marquinhos dos Santos para comandar a equipe em 2015. Acertam as bases, anunciam o acordo e marcam a apresentação quando de repente… surge uma nota oficial do treinador agradecendo ao Vasco e comunicando a desistência por motivos familiares. E um novo nome teve q ser escolhido. E assim chegou o verdadeiro protagonista desse titulo.

Em sua apresentação, Doriva mal conseguiu responder as perguntas que lhe eram endereçadas. Eurico tratava de responder a quase todas. E assim, caladinho, se tornou o principal nome dessa conquista. Com elenco limitadíssimo, o treinador fortaleceu o conceito de conjunto e degrau a degrau chegou ao lugar mais alto da competição. A prova disso é que fica difícil apontar o craque do time nessa jornada. Por conta de o conjunto ter sido o diferencial da equipe.

A consistência da defesa pode sugerir uma retranca, mas passa muito longe disso. Doriva mantém a marcação em bloco médio para alto, com quatro a cinco jogadores no campo do adversário, dificultando a saída de bola. Na segunda fase defensiva, duas linhas de quatro se formam bem consistente, com Rodrigo e Luan garantindo a eficiência nas bolas altas.

As limitações técnicas não permitiam q o time fosse tão brilhante na proposição do jogo, e a bola parada se tornou uma arma mortal na conquista das vitorias. Porem, os dois gols da final foram de bola rolando, provando que a equipe tem outras armas.

Em razão disso, o meu craque do campeonato está escolhido: DORIVA.

O craque do time.

Agora, é só comemorar e se divertir com a turma do mimimi. Vejo gente que sofreu o campeonato inteiro e que se vangloriava de ter ganhado a competição em anos anteriores, querer desvalorizar a nossa conquista. Como se a FERJ pudesse influenciar no pífio desempenho de suas equipes dentro de campo. Não é André (caneleiro mulambo)?  Não é Rafael (caneleiro florzinha)?

O Rio de Janeiro tem que render ao Vasco.

Dagoberto foi importante na final com sua experiência

E ao Vasco nada ?

Tudo !!!

Então como é que é ?

Casaca, casaca, casacasacasaca, a turma é boa é mesmo da fuzarca.

VASCO !!! VASCO !!! VASCO !!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

1 comentário

  1. Anderson Vieira disse:

    Aeeeeee. Bora Vaixxxco.

    [Reply]

Gostou? Não? Comenta aí: